sexta-feira, 7 de abril de 2017

Portugal & História - 'O DIA DA LIBERDADE - 25 de Abril de 1974', Coordenação de Pedro Lauret - Lisboa 2015 - RARO




Portugal - Os acontecimentos do dia da revolução, quando o MFA derrubou o regime do Estado novo liderando então por Marcelo Caetano


'O DIA DA LIBERDADE - 25 de Abril de 1974'
Coordenação de Pedro Lauret
Edição Versos da História
Lisboa 2015


Livro com 272 páginas, muito ilustrado e como novo. em excelente estado de conservação.
De muito difícil localização.
RARO.


Da contra-capa:
"Pelas 22h55 do dia 24 de abril os Emissores Associados de Lisboa transmitem E Depois do Adeus, de Paulo de Carvalho. Às 0h20 a Rádio Renascença coloca no ar Grândola Vila Morena, de Zeca Afonso. Estão, assim, lançadas as senhas que dão a ordem de marcha a todas as unidades do Movimento das Forças Armadas. Às 3h a maioria das unidades já está na estrada e pouco depois, às 4h30, os principais objetivos são tomados e é difundido o primeiro comunicado do Posto de Comando do MFA pelos emissores do Rádio Clube Português.

Pelas 12h30 do dia 25 de abril chega ao Largo do Carmo a coluna da Escola Prática de Cavalaria de Santarém para cercar o quartel da GNR, onde se encontra refugiado Marcelo Caetano. A partir do início da tarde, torna-se claro para os responsáveis do regime que a queda é inevitável. Por volta das 18h, Spínola recebe a rendição do Presidente do Conselho. E o povo sai à rua para festejar. É o Dia da Liberdade!"



O AUTOR / Coordenador:
Pedro Manuel Cunha Lauret de Saldanha e Albuquerque nasceu em Lisboa a 23 de janeiro de 1949 e fez os estudos secundários no Liceu Camões, em Lisboa, onde foi dirigente da Ação Católica e participou nas movimentações estudantis. Frequentou a Escola Naval, onde concluiu o curso de Marinha. É um dos fundadores, em 1970, de uma organização politica clandestina de Oficiais da Armada de oposição ao Estado Novo. A partir de 1971, faz uma comissão na Guiné, como oficial imediato da Lancha de Fiscalização Orion. Em outubro de 1973, já na Metrópole, efetua, com outros oficiais, a ligação ao Movimento dos Capitães e faz parte da comissão que redigiu o Programa do Movimento das Forças Armadas e outros importantes documentos. Após o 25 de Abril, faz parte da Comissão Coordenadora do MFA Armada e da Assembleia do MFA Nacional. Em 1981, frequenta e termina uma pós graduação em Estratégia e Organização no Instituto Superior Naval de Guerra. Depois de passar à reforma em 1986 com o posto de capitão-de-mar-e-guerra, inicia atividade empresarial no âmbito da engenharia e consultoria informática. É membro fundador da Associação 25 de Abril e integra atualmente a sua Direção. Coordenou a obra Os Anos de Abril, coleção de oito volumes editada em 2014. Atualmente, dirige um projeto de investigação histórica designado «Marinha: do fim da Segunda Guerra Mundial ao 25 de Abril de 1974». É Grande Oficial da Ordem da Liberdade.


Preço: 60,00€;

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Ultramar - 'MEDALHÍSTICA DE ANGOLA', de Cecílio Moreira - Luanda 1972 - MUITO RARO



Ultramar - Resenha pormenorizada da medalhística da Mocidade Portuguesa nesta antiga colónia portuguesa de África


'MEDALHÍSTICA DE ANGOLA
Subsídios para o seu estudo : medalhas comemorativas da M. P. 1966-1972'

De Cecílio Moreira
Edição da Comissão Provincial de Mocidade portuguesa, Divisão de Angola
Luanda 1972


Livro com 88 páginas, ilustrado e em bom estado de conservação.
De muito difícil localização.
MUITO RARO.


Preço: 40,00€;

Angola - Guerra Colonial & Poesia - 'EQUADOR SUL', de António Salvado - Livro 1964 - RARO



Angola - Guerra Colonial & Poesia - A poesia em homenagem e louvar a um camarada militar falecido no conflito


'EQUADOR SUL'
De António Salvado
Editor Delfos
Livro 1964


Livro com 30 páginas e em muito bom estado de conservação.
De muito difícil localização.
RARO.


Obra dedicada na morte e em louvor José Paula dos Santos, camarada de armas falecido em combate no conflito que dilacerou Angola a partir de 1961 e deu início à guerra colonial portuguesa do século XX.


Preço: 27,50€;

Moçambique & Descolonização - 'CABORA BASSA - A ÚLTIMA EPOPEIA', de A. Santos Martins - Coimbra 2006




Moçambique & Descolonização - A acção dos governantes que sucederam ao regime do Estado Novo e a problemática do maior empreendimento hidráulico construído pelos portugueses


'CABORA BASSA - A ÚLTIMA EPOPEIA'
De A. Santos Martins
Edição do autor
Coimbra 2006

Livro com 142 páginas, ilustrado e como novo. Em excelente estado de conservação.

Mais um livro do jornalista e historiador conimbricense A. Santos Martins, desta vez um livro (lançado em finais de Novembro de 2005) contra o esquecimento a que foi votado, em Portugal, o Quinto Centenário (1505-2005) do estabelecimento da primeira Capitania portuguesa em Moçambique (a feitoria fortificada de Sofala) e do primeiro templo da Igreja Católica na África Oriental. E sobre esse esquecimento o autor faz uma 'provocação' à hierarquia da Igreja, ao Poder Político e às autoridades académicas do seu país.

Porque foi, pura e simplesmente, ignorada a efeméride, o autor - que viveu 13 anos em Moçambique - passa a livro todo o seu trabalho de investigação histórica de muitos anos sobre a instalação dos portugueses em Sofala, a progressão de agentes do Estado, aventureiros, comerciantes e missionários para o Alto Zambeze moçambicano, o que se passou com o Islão - que «estava lá» - e tanto mais que ocorreu, ao longo de quase cinco séculos, desde aquela primeira Feitoria até a região do interior africano onde ficava a Corte do Monomotapa.


O AUTOR:
Armando dos Santos Martins (A. Santos Martins) nasceu em Coimbra de família com fortes raízes nos contrafortes da Serra da Estrela e no Baixo Mondego. Depois dos seus estudos como Aluno Salesiano, ingressou na Força Aérea Portuguesa e partiu para Moçambique, com 19 anos de idade, integrado nas forças expedicionárias que foram combater a subversão armada naquela antiga Província Ultramarina. Ali nasceram três dos seus quatro filhos. Já como profissional da Imprensa (e Rádio), foi Correspondente de Guerra nos distritos flagelados pelo conflito. Deslocado em permanência, pelo 'Notícias' de Lourenço Marques, para a cidade de Tete, exerceu aqui também as funções de director do Emissor Regional do Rádio Clube de Moçambique. Acompanhou como jornalista os últimos anos do Plano de Desenvolvimento do Vale do Zambeze e a construção da barragem hidroeléctrica de Cabora Bassa. Regressado a Portugal em 1976, nesse ano trabalhou como redactor no 'Diário de Coimbra'. Ingressou nos quadros de 'O Comércio do Porto' em 1977, onde permaneceu até 1999, com funções de chefia e direcção. Entretanto, fundou e dirigiu na sua cidade natal o semanário 'Jornal Vale do Mondego'. Estudioso da Epopeia lusa, tem numerosos trabalhos publicados sobre a Expansão Marítima e a presença dos Portugueses no Índico. Em 2005 foram editados os seus livros 'História da Casa do Minho' (2º. volume), 'Santa Maria Lúcia de Jesus e do Coração Imaculado' (já traduzido em Espanhol), 'Os 5 Papas que peregrinaram em Portugal', 'João Paulo II em Coimbra' e 'Sofala - o primeiro templo da Igreja Católica na África Oriental Portuguesa'.


Preço: 20,00€;

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

África & Colonialismo - 'EXPLORAR - Voyages en Angola et autres lieux incertains', de René Pélissier - Paris 1979 - RARO



África & Colonialismo - Da resistência indígena e dos seus reinos tribais à dominação portuguesa e consolidação da sua presença


'EXPLORAR - Voyages en Angola et autres lieux incertains'
De René Pélissier
Edition Orgeval
Paris 1979


Livro com 256 páginas, ilustrado com mapas e em muito bom estado de conservação.
De muito difícil localização.
RARO.


O autor, talvez o estrangeiro que mais estudou o colonialismo português e que mais obras lhe dedicou, esteve em Angola e particularmente no seu interior sul e sudoeste, para conhecer in loco a situação colonial e posteriormente realizou várias deslocações a Portugal, tendo recolhido inúmeras fontes bibliográficas que foi estudando e expurgando, até compilar esta magnífica obra sobre a resistência indígena à penetração e domínio de grande parte do interior por parte dos portugueses, entre finais do século XIX e os inícios da década de sessenta do século seguinte, com o início da denominada guerra colonial.

Uma grande e importante obra sobre a matéria, fundamental para se conhecer a resistência dos vários reinos angolanos e a acção colonial e militar portuguesa naquele período.


Preço: 90,00€;

Portugal - 'COISAS DE CAÇA NO ALENTEJO', de José Manuel Queimado - Évora 1968 - Muito raro



Portugal & Caça - Relatos das caçadas do autor e dos seu companheiros de actividade


'COISAS DE CAÇA NO ALENTEJO'
De José Manuel Queimado
Edição autor
Évora 1968


Livro com 158 páginas, ilustrado e em muito bom estado de conservação.
De muito difícil localização.
Muito raro.


Numa rara edição de autor, de tiragem única de 500 exemplares.


Da apresentação:
"Duma forma ou doutra todos os assuntos tratados no mesmo livrinho, são a natural consequência d’alguma prática e experiência por mim adquiridas no exercício da
caça, e ainda pelo interesse em que o praticante ou simpatizante cinegético, saiba que se estas páginas não são, nem de perto nem de longe, as memórias de um caçador, são apenas para trazer ao conhecimento de todos (…) certos pormenores e ensinamentos ignorados por muitos."



Preço: 50,00€;

Colecionismo - Lote de 4 postais de DORNES - Ferreira do Zêzere - RAROS



Colecionismo - Com imagens lindíssimas da histórica aldeia de Dornes, nas margens do rio Zêzere (Albufeira dos Castelo de Bode) em Ferreira do Zêzere


Lote de 4 postais de DORNES - Ferreira do Zêzere.
A cores e em edição TIPAL dos anos oitenta.

Em muito bom estado de conservação.

De muito difícil localização.
MUITO RAROS.


lote de 4 postais de DORNES
1. - Dornes, torre pentagonal;
2. - Vista parcial de Dornes, Ferreira do Zêzere;
3. - Dornes, Ferreira do Zêzere;
4. - Dornes, Ferreira do Zêzere (Imagem de N.ª S.rª do Pranto);



Preço: 20,00€; (Lote completo)

Portugal - 'OS SUBMARINOS NA MARINHA PORTUGUESA', de Maurício de Oliveira - Lisboa 1972 - MUITO RARO




Portugal - Obra sobre os submarinos da Marinha Portuguesa na sua primeira edição


'OS SUBMARINOS NA MARINHA PORTUGUESA'
De Maurício de Oliveira
Edição Marítimo-colonial
Lisboa 1972


Livro com 142 páginas, ilustrado e em muito bom estado de conservação.
De muito difícil localização.
MUITO RARO.


Preço: 45,00€;

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Angola & Colonialismo - 'JULGAREIS QUAL É MAIS EXCELENTE... (Figuras da História de Angola)', de Gastão de Sousa Dias - Luanda 1948 - Muito raro




Angola & Colonialismo - Obra com a biografia de descobridores, exploradores e governadores que se destacaram na história de Angola no período colonial.


'JULGAREIS QUAL É O MAIS EXCELENTE...'
(Figuras da História Angolana). No Tricentenário da Restauração Angolana.
De Gastão de Sousa Dias
Edição do Museu de Angola
Luanda 1948


Livro com 450 páginas (29 x 22 cm), muito ilustrado e em muito bom estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO RARO.


Esta obra foi publicada no tricentenário da Restauração de Angola, tendo o autor reunido um conjunto significativo de biografias de personalidades com relevância histórica de Angola, entre navegadores, militares, exploradores, governantes, colonialistas e outras figuras do período colonial.

Importante estudo pois sobre personalidades de relevo para a história de Angola, tais como: Diogo Cão; Rui de Sousa; Francisco de Gouveia; Paulo Dias de Novais; Duarte Lopes; Baltasar Barreira; Manuel Cerveira Pereira; Baltasar Rebelo de Aragão; Fernão de Sousa; Pedro César de Meneses; Francisco de Souto Maior; Salvador Correia de Sá; João Fernandes Vieira; André Vidal de Negreiros; Frei António Romano; Francisco de Távora; Luís Lopes de Sequeira; D. Francisco Inocêncio de Sousa Coutinho; D. Miguel António de Melo; D. António Saldanha da Gama; Pedro João Baptista; Amaro José; Gregório José Mendes; Sá da Bandeira; Pedro Alexandrino da Cunha; Bernardino Freire de Figueiredo Abreu e Castro; Silva Porto; Frederico Welwitsch; José de Anchieta; Serpa Pinto e Capelo e Ivens; Henrique de Carvalho; Artur de Paiva; Trigo Teixeira; Veríssimo Sarmento; Pedro Ernesto Lecomte; Alves Roçadas; Paica Couceiro; O. Orlog; Willem Venter; General Pereira d'Eça e Doutor Manuel Alves da Cunha.

O livro edita inúmeras ilustrações e vários retratos dos biografados, mapas, facsimiles de assinaturas, etc. É pois uma grande obra histórica e documental da história colonial desta antiga colónia portuguesa da África Ocidental.


Preço: 0,00€ (Indisponível)

Estado novo - 'SALAZAR: PORTUGAL' - Trad Gustavo Cordeiro - Berlim 1938 - Muito raro



Estado novo - Obra de grande raridade de textos de Salazar em alemão.


'SALAZAR: PORTUGAL'
Tradução de Gustavo Cordeiro
Prefácio Goebbels
Berlim 1938


Livro com 144 páginas e em muito bom estado de conservação.
De muito difícil localização.
Muito raro.


Obra de grande raridade de textos de Salazar em alemão, com tradução de Gustavo Cordeiro Ramos e prefácio Goebbels.


Preço: 75,00€;