domingo, 11 de junho de 2017

Angola & Literatura - 'A SOCIEDADE ANGOLANA DO FIM DO SÉCULO XIX E UM SEU ESCRITOR', de M. António - Luanda 1961 - MUITO RARO




Ultramar & Literatura - Um ensaio sobre um dos escritores angolanos mais representativos do período colonial


'A SOCIEDADE ANGOLANA DO FIM DO SÉCULO XIX E UM SEU ESCRITOR'
De M. António
Editorial NÓS
Luanda 1961


Livro com 80 páginas e em muito bom estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.


Do ÍNDICE:
- A SOCIEDADE ANGOLANA DO FIM DO SÉCULO XIX E UM SEU ESCRITOR
- ENSAIO
1) - O Poeta
- NEGRA
- A UMA QUISSAMA
- A CIOSA
2) - O cronista
3) - O Romancista
4) - O Jornalista
5) - O pedagogo
6) - O Historiador
7) - O filólogo
8) - O folclorista
- Observações.

- POSFÁCIO

- NOTAS FINAIS
- Breve Bibliografia.



M. ANTÓNIO:
"Que iniciou a sua actividade literária como poeta - 'POESIAS' (1956), 'POEMAS #$E CANTO MIÚDO' (1960) e 'AMOR' (19609) - notabilizou-se também pelos seus trabalhos de natureza crítica e ensaística, dispersos por revistas metropolitanas e angolanas.
ao longo dessa sua actividade, tem-se revelado um observador interessado do fenómeno literário angolano, cujo passado, neste livro, parcialmente entremostra, dentro de coordenadas que constituirão surpresa para quantos - e são quase todos - conhecem apenas as formas recentes de produção literária em Angola.

Além disso, procurando uma base sólida para as suas interpretações, dá-nos, cremos que pela primeira vez, uma imagem global e integrada duma sociedade que representou um caso notável de pluralismo, étnico e cultural, resolvendo-se modo harmonioso.

Nisto reside o principal interesse deste novo livro de M. António que a Editorial NÓS se orgulha de apresentar e com o qual muito significativamente inicia a sua actividade."
Da badana.


Preço: 60,00€;

Guerra colonial - 'BATALHÃO DE CAÇADORES 595 - Angola 1963-66' - Carmona 1966 - MUITO RARO




Angola & Ultramar - O historial completo de um batalhão na guerra colonial


'BATALHÃO DE CAÇADORES 595 - Angola 1963-66'
Carmona 1966


Livro com 80 páginas e muito ilustrado, em muito bom estado de conservação.
De muito difícil localização.
MUITO RARO.


Trata-se de um livro com o resumo da actividade de um batalhão, desde o tempo de recruta e formação no continente europeu, até à comissão militar em angola decorrida entre os anos de 1963 e inícios de 1966, passando pela viagem nos navios de transporte e todas as operações militares, êxitos e vitórias, mortes de feridos, até ao balanço e regresso à vida civil.

Um documento raro, dado que a maioria dos batalhões faziam documentos de circulação interna do tipo relatórios e em papel de máquina.

Este exemplar, constitui assim uma oportunidade para conhecer a vida, duração e acção dos militares que o integraram, com a relação integral no final dos nomes e postos ocupados.


Do ÍNDICE:
- DEVER CUMPRIDO - O Comandante (Janeiro de 1966)
- CRÓNICA DO BATALHÃO
Pelo Tenente-Coronel Mário de Jesus Ferreira
- Constituição, mobilização e deslocamento para Angola
- Deslocação para a Zona de Intervenção Norte
- Características do subsector atribuído ao batalhão
- Actividades operacionais desenvolvidas no sector F
- Características do novo subsector atribuído ao batalhão também na ZIN
- Actividade desenvolvida pelas NT, no sector I, desde 26 de Janeiro de 1965 a Janeiro de 1966
- GLÓRIA AOS HERÓIS DE PORTUGAL
Por Saraiva Sequeira
- JAMAIS ESQUECEREMOS....
- O Natal de 63
- O primeiro aniversário
- O Natal de 64
- O Conjunto Artístico do Batalhão
- A exposição artística
- O 2.º aniversário
- O Natal de 65
- CONSTRUÇÃO DO ESTACIONAMENTO DA MAMARROSA
Pelo Major Columbano L. Monteiro
- FLAMULA DO SECTOR I
- APOIO LOGÍSTICO
Pelo alferes Miliciano Inocêncio Moreira
- SENTINELA
Fernando A. M. Gomes (Furriel Miliciano)
- SENTIDO DA NOSSA MISSÃO
Pelo Tenente Capelão Sérgio Paulo Duarte
- SAUDADE
Saraiva Sequeira
- UMA SECÇÃO DE CAÇADORES
Por Saraiva Sequeira
- O SOLDADO PORTUGUÊS METROPOLITANO NO ULTRAMAR
Pelo Major Columbano Líbano Monteiro
- DESPORTO
Por Saraiva Sequeira
- B. CAÇ 595
O'Neill
- A PATRULHA
Pelo Furriel Miliciano Neto alves
- A CASA DO PEL. REG. INF.
O'Neill
- RESULTADOS DA ACTIVIDADE OPERACIONAL DO B. CAÇ. 595
- Material capturado
- COMANDOS
- Companhia Comando e Serviços
- Companhia de Caçadores 533
- Companhia de Caçadores 534
- Companhia de Caçadores 535
- GRUPO DE COMANDOS
- Companhia de Caçadores 533
- companhia de Caçadores 534
- Companhia de Caçadores 535



Preço: 47,50€




Portugal & PREC - 'OTELO', de António Tavares-Telo - Lisboa 1976 - Raro




Portugal & PREC - Documentos e entrevistas com Otelo no processo de candidatura às eleições presidenciais de 1976


'OTELO'
De António Tavares-Telo
Edição 18 de Janeiro
Lisboa 1976


Livro com 320 páginas, muito ilustrado e em muito bom estado de conservação.
De muito difícil localização.
Raro.


Da dedicatória:
"Este trabalho é, evidentemente, dedicado ao povo trabalhador português e a Otelo Saraiva de Carvalho. quero, porém, dedicá-lo ainda ao ex-Regimento de Polícia Militar, dissolvido pelo 25 de Novembro. E à Françoise, minha companheira."


Do ÍNDICE:
- Nota do autor
- Nota de abertura - Otelo Saraiva de Carvalho (Junho de 1976)
- O processo de candidatura
- A pré-campanha
- A campanha
- As eleições
- traidor da sua classe
- Notícia inesperada e exemplar



Preço: 27,50€;

África & Literatura - 'POESIA AFRICANA DE HOJE', de Manuel Seabra - Lisboa 1974 - RARO



África & Literatura - Selecção poética do continente africano nos anos setenta


'POESIA AFRICANA DE HOJE'
De Manuel Seabra (Selecção e prefácio notas e tradução)
Editorial Futura
Lisboa 1974


Livro com 224 páginas e em muito bom estado de conservação.
De muito difícil localização.
RARO.


Da contra-capa:
"Fazer uma antologia da literatura africana não é tarefa para um só editor.

Ao designar a presente Antologia de 'POESIA AFRICANA DE HOJE', ainda mais se circunscreveu a área da literatura objecto de pesquisa e escolha.

Trata-se, na sua maior parte, da produção de gente nova. E é claramente esta intenção que faz dispensar poetas importantes como Senghor, Rabéarivelo e outros muito mais velhos, filhos de um outro mundo.

Os poetas apresentados nesta antologia são filhos da África contemporânea e alguns deles mal se poderão distinguir da mais moderna poesia europeia, o que é muito importante num mundo que está decididamente a caminho de uma civilização totalmente global.

O colonialismo em África revestiu as formas próprias dos seus colonizadores. Esta a razão por que se considerou que a poesia de expressão portuguesa, deveria constar de uma selecção individualizada e devidamente comentada."


Do ÍNDICE GERAL:
- PREFÁCIO
- ÁFRICA DOS SUL
William Kgositsile
- O ar eu oiço
Mazisi Kunene
- Adeus - Elegia - Enquanto eu viver - Amor universal
Bloke Modisane
- Solitário
K. A. Nortje
- Tarde - Descançando do lugar horrendo
- CAMARÕES
Moella Sonne Dipoko
- Autobiografia - Exílio - Amor I - Amor II - Amor III - A nossa vida - Dor
- CONGO
Jean-Baptiste Tati
- Notícias da minha mãe - Liberdade
Felix Tchikaya U'tam'si
- Presença - Que tenho eu que ver - O escarnecedor - Uma esteira para tecer
- COSTA DO MARFIM
Josep Miezan Bognimi
- Os meus dias crescidos - Terra e céu
Charles Nokan
- A minha cabeça é imensa
- DAOMÉ
Paulin Joachim
- Enterro
Émile Ologoudou
- Vésperas - Liberdade
- GÂMBIA
Lenrie Peters
- Voltámos para casa - Veio vestida de seda
- GHANA
George Awoonor-Williams
- Redescoberta - Canção de Amante
Jawa Apronti
- Funeral
Kwesi Brew
- Um pedido de clemência - A procura - A colheita
Ellis Aytey Komey
- A mudança
- MALAWI
David Rubadiri
- Tempestade africana
- MALI
Ouologuem Yambo
- Tempestade africana
- NIGÉRIA
Frank Aig-Imoukhuede
- Uma mulher para um homem
John Pepper Clark
- Choro de nascimento - Ibadan
Michael Echeruo
- Miscigenação - sofia
Romanus Egudu
- A espada do conquistador
Aig higo
- Assassínio ritual - Canção oculta
Pol N. Ndu
- Udude
Gabriel Okara
- Piano e tambores - Adhiambo
Christopher Okigbo
- Amor à parte - Dois poemas de distâncias - I - II - Vem trovão
Wole Soyinka
- Conversa ao telefone - Morte de madrugada - Noite
Okogbule Wonodi
- Plantação - Saudação e Ichebe
- QUÉNIA
Khadambi Asalache
- Morte de um chefe
Josep E. Kariuk
- Vida nova - Vem, meu amor
John Mbiti
- Arranha céus de Nova Iorque
- RODÉSIA
Dennis Brutus
- Num funeral - Canção nocturna: cidade - Que este saque - Baloiçando alegremente
- RUANDA
Jean-Baptiste Mutabaruka
- Canção do tambor
- SENEGAL
David diop
- um branco disse-me - Sofre, pobre negro - Desafio à força - O que tudo perdeu - O tempo do martírio
- SERRA LEOA
Abioseh Nicol
- O significado de África
- UGANDA
Okot p'Bitek
- Oiçam, homens do meu clã
- ZAIRE
Antoine-Roger Bolamba
- Retrato - Um punhado de notícias
Emmanuel Boundzeki-Dongala
Fantasia ao luar
- BIOGRAFIAS
- FONTES
- BIBLIOGRAFIA
- ÍNDICE DOS PAÍSES
- ÍNDICE ALFABÉTICO DOS AUTORES ANTOLOGIADOS



Preço: 30,00€;

terça-feira, 6 de junho de 2017

Angola & Cultura - 'RELER ÁFRICA', de Mário António F. Oliveira - Coimbra 1990 - RARO




Angola & Cultura - Â obra de um dos intelectuais angolanos mais notáveis e consagrados do século findo


'RELER ÁFRICA'
De Mário António Fernandes Oliveira
Edição do Instituto de Antropologia da Universidade de Coimbra
Coimbra 1990


Livro com 556 páginas e como novo. Em excelente estado de conservação.
De muito difícil localização.
RARO.


Da contra-capa:
"Com uma organização que foi ainda o Autor a impor-lhe, reúnem-se neste volume, se não todos, pelo menos os principais dos seus estudos, ensaios, comunicações, artigos, prefácios e notas ou simples esboços de investigação pensável e possível, cobrindo um tempo de escrita que vai desde 1959 até 1998.

Se surpreende a diversidade de matérias, mais surpreendente é o método seguido no seu tratamento, vocacionadamente interdisciplinar. Ora, à época em que o autor se ocupou destes temas, tal método representou, relativamente à tradição dos estudos desta índole, uma indesmentível vontade e capacidade de inovar, constituindo-se como uma das mais notáveis marcas da sua personalidade de investigador."



Do ÍNDICE:
- Reler África para encontrar Mário António;
- Homenagem a Senghor;
- ANGOLA;
- Reler Zurara;
- Uma primeira experiência de cooperação entre a Europa e a África;
- Festejos pela beatificação do P.e Francisco Xavier em Luanda (1620);
- Línguas de Angola. O Quimbundo;
- Classificação das línguas africanas;
- Breve introdução ao Quimbundo para estudantes de literatura angolana;
- Insígnias do poder entre os Cabindas;
- Um João de Deus angolano;
- Prefácio a 'NGA MUTÚRI', noveleta de Afredo troni;
- Poesia angolana, palavras necessárias;
- Para a história da poesia angolana;
- Testemunho literário angolano: do tráfico à instalação colonial em Angola;
- Colaborações angolanas no 'Almanach de Lembranças', 1851-1900;
- 'A HISTÓRIA DE ANGOLA', de Elias Alexandre da Silva Corrêa;
- Influências da literatura brasileira sobre as literaturas portuguesas do Atlântico tropical;
- Unidade e diferenciação linguística da literatura ultramarina portuguesa;
- A poesia impressa nos jornais de Angola no 1.º ano da independência;
- O primeiro livro de poemas publicado na África portuguesa;
- Literatura angolana: uma perspectiva;
- Para uma perspectiva crioula da literatura angolana - 'História de uma traição';
- A poesia angolana nos seus múltiplos aspectos e rumos;
- Memória de Luanda (1949-1953): 'Vamos descobrir Angola!';
- Desde os idos de 50, uma poeta em Angola: David Mestre;
- O Português em África: língua de elites ou língua de massas? - Um documento literário;
- À sombra do Marquês de Pombal - Um grande acto de luso-afro-brasilidade;
- Um brasileiro cooperante ('Avant la lettre') em Angola;
- Situação da literatura no 'Espaço Português';
- Para a história do trabalho em Angola - A escravatura luandense do terceiro quartel do século XIX;
- Aspectos sociais de Luanda inferidos dos anúncios publicados na sua imprensa - Análise preliminar ao ano de 1891;
- Para uma perspectiva crioula da literatura angolana - o 'Repositório de coisas Angolenses', de J. D. Cordeiro da Matta;
- Duas condições humanas como suportes da literatura angolana;
- Crioulismo e negritude em Francisco José Tenreiro;
- Tomaz Vieira da Cruz;
- Problemas da ficção ultramarina;
- Em torno de 'UM CERTO GOSTO A TAMARINDO';
- Óscar Ribas - 'TUDO ISTO ACONTECEU';
- O destino da língua portuguesa em Angola;
- Descolonização e expressão portuguesa;
- Entrevista com Mário António;
- Programa de literatura angolana;
- Notas para a história dos portugueses em Angola;
- Nota bibliográfica;



Preço: 0,00€; (Indisponível)

Angola & Literatura - 'O VATICÍNIO DA KIANDA NA PIROGA DO TEMPO', de Maria Eugénia Neto - Luanda 1989 - RARO



Angola & Literatura - Um conto original sobre o povo angolano e a sua luta contra o colonialismo português


'O VATICÍNIO DA KIANDA NA PIROGA DO TEMPO'
De Maria Eugénia Neto
Ilustrações de Henrique Arede
Edição INALD (Instituto Nacional do Livro e do disco)
Luanda 1989


Livro com 38 páginas, muito ilustrado e como novo. em excelentes estado de conservação.
De muito difícil localização.
RARO


Preço: 47,50€;

sábado, 3 de junho de 2017

Ultramar & colonialismo - 'OS PORTUGUESES EM ANGOLA', de Gastão de Sousa Dias - Lisboa 1959 - MUITO RARO



Ultramar & colonialismo - Uma grandiosa obra sobre a saga histórica dos portugueses na conquista e domínio da colónia de Angola ao longo dos séculos


'OS PORTUGUESES EM ANGOLA' - 1.ª edição
De Gastão de Sousa Dias
Edição da Agência-Geral do Ultramar
Lisboa 1959


Livro com 332 páginas, ilustrado e em muito bom estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.


A obra está dividida em duas grandes épocas:
I. - De 1482-1601 – Da Descoberta, conquista e monopólio comercial.

II. - De 1602-1815 – Dependência do Brasil – desenvolvimento do tráfico.
1º. período – Ambições estrangeiras: francesas e holandesas (1602-1647);
2º. Período – Restauração de Angola – submissão dos reis do Congo, Angola e Matamba (1648-1753);
3º. Período – Fomento, exploração do Sul, colonização (1758-1815)
.


Preço: 90,00€;

Portugal & Ultramar - 'CAFÉ - Cultura e tecnologia primária', de A. P. Silva Cardoso - Lisboa 1994 - RARO



Portugal & Ultramar - Um cultura ancestral nas colónias portuguesas de África


'CAFÉ - Cultura e tecnologia primária'
De A. P. Silva Cardoso
Edição do Instituto de Investigação Científica e Tropical
Lisboa 1994


Livro com 170 páginas e em muito bom estado de conservação.
De muito difícil localização.
RARO.


Preço: 70,00€;

Macau & Ultramar - Lote de 10 postais do período colonial - MUITO RAROS


Macau & Ultramar - Uma excepcional colecção de postais do período colonial português - um documento histórico


Lote de 10 postais do período colonial.
Colecção não circulada e em muito bom estado de conservação. Excepcionais.

De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RAROS.


lote de 10 postais de MACAU (Período colonial)
01. - Macau, Guia Ligthouse;
02. - Macau, Grand Prix;
03. - Macau, corridas de cavalos;
04. - Macau, residência do Governador;
05. - Macau, ponte de Taipa;
06. - Macau, Templo de Ma Kok;
07. - Macau, Hotel Lisboa;
08. - Macau, Casino de Lisboa;
09. - Macau, posto fronteiriço com a China;
10. - Macau, Palácio do governador (bandeira portuguesa);



Preço:
100,00€; (Lote completo)
Não de vende em separado.

Angola & Literatura - 'CASA DE SOBRADO' - 1.ª edição, de Maurício Soares - Luanda 1974 - MUITO RARO



Angola & Literatura - Uma das obras mais raras da literatura colonial dos finais da presença portuguesa nesta antiga colónia


'CASA DE SOBRADO' - 1.ª edição
De Maurício Soares
Capa de Neves e Sousa
Edição autor
Luanda 1974


Livro com 138 páginas e em muito bom estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.


Da contra-capa:
"MAURÍCIO SOARES
Geograficamente nasceu no Huambo (Nova Lisboa) mas passou a sua infância em Moçâmedes de onde saiu para frequentar o Liceu Nacional Diogo Cão em Sá da Bandeira, cidade em que se radicou, primeiro como funcionário público, depois como correspondente de imprensa.
Em edições de 'ORION' de Lisboa foram publicados os livros de sua autoria 'O TEU MARIDO TROCA-TE POR ELA...', charge ao futebol e 'O HOMEM QUE CRUCIFICOU O DIABO', contos.
De 'O TEU MARIDO TROCA-TE POR ELA...', o 'Século Ilustrado' escreveu: 'Maurício Soares, que escreve bem, que escreve até com desenfreada elegância, pertence por isso mesmo ao número dos autênticos escritores que sabem caricaturar a perturbada vida moderna'. O 'Século' disse: 'A sua prosa tem amenizados as páginas de jornais de Angola e agora ela torna ainda mais graciosa através de uma sátira irreverente em que avultam comentários e observações de rara felicidade'.
'Diário de Notícias': '... dá-nos uma graciosa e despretenciosa história bem narrada'.
'Comércio do Porto': '... revela-se nos seus escritos um fino especialista em tal estilo'.
O presente livro, fruto de contactos que lhe dão carácter de notas biográficas, talvez possa ser considerado um documento humano da vida do sul de Angola, nos últimos decénios."



Preço: 45,00€;