segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Portugal & Ultramar - 'RUI PATRÍCIO - A vida conta-se inteira', de Leonor Xavier - Lisboa 2010



Portugal - As revelações do último ministro dos negócios estrangeiros de Marcelo Caetano


'RUI PATRÍCIO - A vida conta-se inteira'
De Leonor Xavier
Edição Círculo de Leitores
Lisboa 2010


Livro com 368 páginas, como novo.

Um livro que tardou em aparecer editado, para se poder conhecer o papel desempenhado pelos último Ministro dos Negócios Estrangeiros do governo de Marcelo Caetano.

E Rui Patrício fala e revela a participação dos meandros governamentais portugueses, anteriores a 25 de Abril de 1974, sobre contactos com o PAIGC em Londres e a luta contra a opinião pública internacional tendo com causa principal a política colonial do regime em África.

Um interessante livro sobre estas temáticas e sobre o derrube do regime do estado novo e o comportamento de alguns membros desse regime e dos militares.


Preço: 27,50€

Ultramar - 'FIGURAS E FACTOS DA COLONIZAÇÃO PORTUGUESA', de General Ferreira Martins (Lisboa 1944)




Ultramar - Os pioneiros da expansão ultramarina portuguesa pelo mundo


'FIGURAS E FACTOS DA COLONIZAÇÃO PORTUGUESA'
De General Ferreira Martins
Edição Inquérito L.da
Lisboa 1944


Livro com 250 páginas, ilustrado e em muito bom estado de conservação.
MUITO RARO.

O autor retrata e relata os acontecimentos e os seus protagonistas na expansão ultramarina portuguesa que pelo mundo fora levou a colonização e a presença de Portugal.


ÍNDICE:
- DOIS CONDES, VICES-REIS DA ÍNDIA (1806-1821);
- NO TEMPO DOS FRANCESES (1807-1814);
- O LIBERALISMO NAS COLÓNIAS PORTUGUESAS (1817-1853);
- A ABOLIÇÃO DA ESCRAVATURA (1836-1869);
- TENTATIVAS DE COLONIZAÇÃO DO XÉSCULO XIX (1840-1896);
- OS VISCONDES DE VILA-NOVA-DE-OURÉM (1850-1895);
- O CONDE DE TORRES TONAS, GOVERNADOR DA ÍNDIA (1855-1864);
- A ARBITRAGEM DE BOLAMA (1870);
- O HERÓI DE MANICA (1878-1895);
- O EXPLORADOR DA LUNDA (General Henrique de Carvalho 1884);
- UM CAMPEÃO DA ZAMBÉZIA (1888-1918);
- O AJUDANTE DE MOUZINHO (1890-1918);
- A COMPANHIA DE MOÇAMBIQUE (1892-1942);
- UM CHEFE (Coronel Celestino da Silva 1894-1908);
- RELÍQUIAS DE MARRACUENE (1895-1941);
- O MAHAMBACHILECA (Samches de Miranda 1895-1939);
- UM DOS POUCOS DE CHAIMITE (1895-1942);
- A ACTIVIDADE COLONIAL DE GARCIA ROSADO (1895-1916);
- VERRÍSSIMO, GOVERNADOR DA LUNDA (1896-1907);
- O SUB-CHEFE DO ESTADO-MAIOR DE MOUZINHO (1896-1942);
- O COMANDANTE MILITAR DE MUCHELIA (1897-1940);
- O FAMOSOS ABDUL-INJAI (1909-1919);
- HERÓIS DE ÁFRICA;
- A SEPULTURA DE MOUZINHO;



Preço: 50,00€

Guiné-Bissau - 'GUYNEA', de Arlinda Mártires (S. Tomé 2004)



Guiné-Bissau - Uma homenagem ao povo e ao país da autora


'GUYNEA'
De Arlinda Mártires
Edição UNEAS
S. Tomé 2004


Livro com 62 páginas, ilustrado e como novo.


Preço: 7,50€

Moçambique & Descolonização - 'A SOMBRA DOS DIAS', de Guilherme de Melo (1979)



Moçambique - Do período colonial à descolonização, a vida de uma família



'A SOMBRA DOS DIAS'
De Guilherme de Melo
Edição da Livraria Bertrand
Lisboa 1979


Livro com 550 páginas, em bom estado de conservação. Apresenta algum desgaste na capa e lombada.
De difícil localização.

Um livro auto-biogr+afico do autor, que relata a sua vida e da família en antiga colónia de Moçambique.

Da contra-capa:
"Romance dos dias que passam, da sombra dos dias, dos 50 anos de uma família portuguesa por terras de Moçambique - tempos doces de praias a perder de vista e águas cálidas, tempos duros da guerra e do regresso - e, perpassando, a sombra da diferença, da homossexualidade, escondida primeiro, provocatoriamente assumida depois, mas sempre motivo de conflito, medo e inevitáveis derrotas.
'A SOMBRA DOS DIAS', meio século de uma história pouco conhecida - a vida intelectual, artística, social, e também os bas-fond e as intrigas de uma cidade, Lourenço Marques, hoje existindo apenas na memória do que a conheceram."


Preço: 25,00€

Ultramar - 'ANGOLA - DO MEU CORAÇÃO', de João Falcato (Lisboa 1961) - Exemplar excepcional



Angola - A defesa da acção colonial portuguesa em terras de África


'ANGOLA - DO MEU CORAÇÃO'
De João Falcato
Edição ENP
Lisboa 1961


Livro com 272 páginas e como novo. Exemplar excepcional.
De difícil localização.
Raro.


Da contra-capa:
"A carreira literária de João Falcato apontou com 'FOGO NO MAR'. Livro dum tema excepcional, é também obra dum talento excepcional. E, como livro único de uma vida, exigia que os demais que ao depois surgissem lhe respondessem em mérito e diferença.
Não encontramos na obra de João Falcato livro que não apresente uma faceta nova.
'ELUCIDÁRIO DO ALENTEJO', 'A ALEMANHA ACTUAL' - distinguido com o Prémio Afonso de Bragança -, 'COIMBRA DOS DOUTORES', nenhum deixa de nos surpreender como prova dum talento real e bem diferente.
'ANGOLA DO MEU CORAÇÃO' é a África misteriosa e inolvidável ao coração e à aventura portuguesa."



ÍNDICE:
- O SENHOR CUNHA - Barbeiro da Huíla;
- CABINDA - A que quis ser portuguesa;
- VI TOMBAR UM GIGANTE;
- COM QUANTOS GRÃOS DE TRIGO UM PÃO SE FAZ?;
- QUANDO N'ZAMBI CRIOU O MUNDO... - Ima lenda 'Jinga';
- JOÃO DE ALMEIDA - O maior português de Angola;
- O MEU AMOR É BENGUELA...;
- BENGUELA;
- AINDA BENGUELA... E TAMBÉM LOBITO;
- 'Post Scriptum' SÓ PARA O LOBITO;
- O BRASÃO DE ANGOLA;
- O ALEGRE POVO DA ANHARA;
- POEMA EM 28 CANTOS;
- CIDADE DO HUAMBO ! CIDADE DO HUAMBO !;
- NOVA LISBOA, capital da esperança;
- Camionistas de Angola ! OBRIGADO;
- A ROSA NEGRA DE ANGOLA;
- AS FLORES DE SÁ DA BANDEIRA;
- SÁ DA BANDEIRA;
- A sinceridade na aplicação das leis;
- OLIVEIRAS NO DESERTO;
- A CAMEIA - Paraíso do Velho Testamento;
- NEVES E SOUSA - Pintor de feitiço mau;
- 'JANGADA DE NAÚFRAGOS';
- O CORTEJO DO 'BOI SAGRADO' ENTRE OS 'MUILAS';
- Cursos de férias no Ultramar;
- 'MELO' - Aldeia do concelho de Santa Comba-Cela;
- MILAGRE NO VALE DO QUEVE;
- TCHINKUMBE ENTRA NA 'CASA DA TINTA';
- Flores mortas de Cabinda;
- D.T.A. - A menina dos olhos de Angola;
- OS MUCUBAIS;
- Luanda e o rio de Janeiro no mesmo paralelo...;
- O nosso irmão gorila...;
- Um juíz governa Angola;
- O chefe do Posto do dirico;
- DOCUMENTOS
PETIÇÃO - Cópia do Tratado de Portugal em África;
TRATADO DE SIMULANBUCO;



Preço: 32,50€

Portugal & Ultramar - '48 ANOS DE FASCISMO EM PORTUGAL', de Carme D. Carvalhas - Lisboa 1974 - Raro



Portugal - Balanço do regime do estado novo e da sua política repressiva e acção colonial no ultramar


'48 ANOS DE FASCISMO EM PORTUGAL'
De Carme D. Carvalhas
Edição Maria da fonte
Lisboa 1974


Livro com 195 páginas e em muito bom estado de conservação.
De difícil localização.
Raro.


ÍNDICE
- Breve análise da repressão à vida intelectual em Portugal - Vitor Ramos;
- A luta dos estudantes - Maria Antónia Fiadeiro;
- A IGREJA E O REGIME;
- O TARRAFAL visto por um antigo prisioneiro;
- Francisco Miguel depõe sobre a repressão;
- Comunicados estudantis;
- A "DECLARAÇÃO DO ESTUDANTE PORTUGUÊS";
- UM DOCUMENTO HISTÓRICO: O Bispo do Porto critica violentamente o regime;
- EM DEFESA DOS PADRES ANGOLANOS - O Arcebispo de conackry condena o fascismo português;
- Carta aberta ao Cardeal Cerejeira;
- A Guiné-Bissau quer a paz e a independência;
- Resoluções do Comité Central da FRELIMO;
- Em moçambique o patriota abre a própria sepultura antes de ser fuzilado - Afonso Henrique Sacramento;
- PANORAMA DA INSURREIÇÃO ANGOLANA EM 1961 - Basil Davidson;
- NUREMBERG PARA SALAZAR;
- O documento enviado ao Presidente da Câmara dos Deputados;
- Portugueses da América dirigem-se À XXIII Assembleia Geral da ONU;
- DESAPARECIMENTO DE SALAZAR - Pela destruição do estado fascista português;
- Democratas do Porto manifestam-se pela democracia e contra o fascismo;
- Comunicado aos estudantes e à população;
- Dos estudantes à população;
- Estudante assassinado pela PIDE;
- COSTA ANDRÉ SS (Super Star)- O grande espectáculo da mistificação;



Preço: 25,00€

S. Tomé e Príncipe & Colonialismo - 'CRÓNICA DE UMA GUERRA INVENTADA', de Sum Marky - Lisboa 1999 - RARO



S. Tomé e Príncipe & Colonialismo - A brutalidade do colonialismo e do trabalho escravo denunciado


'CRÓNICA DE UMA GUERRA INVENTADA'
De Sum Marky
Edição Vega
Lisboa 1999


Livro com 430 páginas, em muito bom estado de conservação.
De difícil localização.
RARO.


O autor, com vasta obra editada e dedicada ao arquipélago do equador e colónia portuguesa até Julho de 1975, aborda nesta obra a questão da presença colonial e do caso do massacre de Batepá, ocorrido nos inícios da década de cinquenta, quando a população negra protestou e se revoltou e foi alvo de brutalidade por parte da PIDE, da polícia e dos colonos.

S. Tomé e Príncipe foi descolonizado por Portugal, após a revolução de 25 de Abril de 1974, como as restantes colónias do Ultramar, sendo o poder entregue ao MLSTP (Movimento de Libertação de S. Tomé e Príncipe), então liderado por Manuel Pinto da Costa e Miguel Trovoada.


Da contra-capa:
"Servindo-se de dados factuais, Sum Marky constrói a denúncia pungente de um colonialismo sem regras, impiedoso e bárbaro, que não olhava a meios para atingir os seus mais hediondos fins.
A história segue Manuel João da Palma Carlos, advogado de defesa dos presos políticos acusados de terem participado no golpe engendrado pelo Governador e seus tenentes, estes comungados com as grandes roças cujos proprietários viviam faustosamente em Lisboa."



Preço: 32,50€

Portugal - 'MANDATO INDECLINÁVEL'. de Marcelo Caetano (Lisboa 1970) - Raro



Portugal - Justificação para o exercício das funções de primeiro ministro.


'MANDATO INDECLINÁVEL'
De Marcelo Caetano
Editorial Verbo
Lisboa 1970


Livro com 240 páginas, em bom estado de conservação. Alumas humidade na limbada e capa.
Livro raro.

Marcelo Caetano, sucessor de António de Oliveira Salazar, após a morte deste em 1970, justifica a sua aceitação para o exercício do cargo, como um mandato de que não podia declinar face à necessidade da nação enfrentar os problemas então conhecidos.

Da contra-capa:
"A quem me dirigo é è gente do meu país que não perdeu o bom senso e o sentido de moderação e, com os pés fincados na terra, sabe distinguir entre a realidade e a utopia."

Marcelo Caetano


Preço: 22,50€

domingo, 25 de agosto de 2013

Portugal & Ultramar - 'PÁGINAS DO MEU DIÁRIO', de Manuel José Homem de Melo - Lisboa 1995



Portugal & Ultramar - Do estado novo ao regime democrático e a guerra colonial


'PÁGINAS DO MEU DIÁRIO'
De Manuel José Homem de Melo
Publicações Dom Quixote
Lisboa 1995


Livro com 326 páginas, como novo.

Com prefácio de Daniel Proença de Carvalho.

Da contra-capa:
"Poderá haver bons e maus governos. Governos capazes e medíocres. Governos honrados e corruptos. Governos audazes e imobilistas. Governos que servem e governantes que se servem.
Mas não haverá nunca governos ou lideranças que sonsigam transformar em 'paraíso terrestre', sobretudo num ápice de quatro anos, uma terra que, longe de ser a Prometida, se deixou mergulhar, vais para cinco séculos, na mais 'apagada e vil tristeza', segundo a dolorosa mas verdadeira imagem desenhada pelo poeta da raça."
Manuel José Homem de Melo
8 de Outubr de 1995


Preço: 22,50€

Ultramar & África - 3 exemplares da 'Revista do ULTRAMAR' de 1951/52 - MUITO RARO



Ultramar & África - A presença portuguesa nas pronvíncias ultramarinas


3 exemplares da 'Revista do ULTRAMAR' de 1951/52.
Em bom estado de conservação. Muito ilustrados.
- MUITO RARO


1. - 'Revista do ULTRAMAR', n.º 33, de 05 de Julho de 1951:
- Os indígenas de angola e o canto;
- Fundo de fomento de Angola;
- OS RIOS AOS SERVIÇO DA COLONIZAÇÃO
En angola - O Cunene e o cuanza
- Valorizemos as províncias de além-mar;
- ACÇÃO MISSIONÁRIA PORTUGUESA;
- A influência do português na língia africânder;


2. - 'Revista do ULTRAMAR', n.º 36, de 20 de Agosto de 1951:
- Comandante Esparteiro, novo comandante de Macau;
- Números que exprimem a grande importância económica da África portuguesa;
- A RESPOSTA DOS RIOS - O Incomati;
- AS ILHAS DE S. TOMÉ E PRÍNCIPE;
- Portugal na conferência de Nairobi;
- A cidade de Luanda comemorou o 303º aniversário da restauração;
- Desenvolvimento da Radiodifusão na África oriental portuguesa;
- Aumentam os embarques de milho no porto do Lobito;


3. - 'Revista do ULTRAMAR', n.º 40, de Abril de 1952:
- A VISITA DO SR. MINISTRO DO ULTRAMAR AO EXTREMO ORIENTE;
- As cheias do Zambeze;
- "ITINERÁRIOS DA ÍNDIA";
- TESTAS DE PONTE EM ÁFRICA;
- O general Pinto Monteiro, comandante militar de Angola, chegou a Luanda;
- A recosntrução de Timor;
- A insdustrialização de Moçambique;
- GILBERTO FREYRE: Depois da visita a Angola, percorreu a província de Moçambique;
- Exposição do pinto Fausto Sampaio;
- A expansão do livro português no ultramar;


Preço: 0,00€ (Indisponivel)

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Angola & MPLA - 'LA GUERRE D'ANGOLA', de Robert Davezies (Paris 1968) - MUITO RARO



Angola - A guerrilha e resistência do MPLA vista por um jornalista francês


'LA GUERRE D'ANGOLA'
De Robert Davezies
Ducros editeur
Paris 1968


Livro com 192 páginas, ilustrado com um mapa de Angola de grandes dimensões e em muito bom estado de conservação.
MUITO, MUITO RARO.

Robert Davezies, autor de outro livro també dedicado à resistência anti-colonial, 'LES ANGOLAIS', editado em 1965, esteve por diversas vezes em território angolano a efectuar reportagens para a imprensa europeia, acompanhando as guerrilhas do MPLA.

Nesta obra, o autor reproduz parte das suas reportagens e entrevistas com guerrilheiros e dirigentes do MPLA e da UPA, e faz referências aos seguintes nacionalistas:
Comandante FOFO (Ex-UPA e MPLA), João Baptista (UPA), Gilberto Teixeira da Silva (MPLA), Alexandre Taty (UPA), Hermínio Escórcio (MPLA), Henrique Guerra (MPLA), Holden Roberto (UPA), Jonas Savimbi (Ex-UPA e UNITA), Henrique Carreira (MPLA), Agostinho Neto (MPLA), Henda (MPLA), Margarida e Daniel Chipenda (MPLA), Carlos Rocha (MPLA), etc.
Entre muitos outros.




ÍNDICE:
- FOFO;
- TEREZA;
- La guerre d'Angola;
- Miranda Sebastião Pedro (Délégue´de Ngalama;
- CASTRO (João José de Castro);
- Cabinda;
- Bulletin des Forces Armés Portugaises d'Angola;
- AGOSTINHO NETO;
- ANTÓNIO (MPLA a DAR-ES-SALAM);



Preço: 40,00€

Angola - 'A vida verdadeira de DOMINGOS XAVIER', de José Luandino Vieira (Lisboa 1974)



Angola - Literatura anticonial angolana


'A vida verdadeira de DOMINGOS XAVIER'
De José Luandino Vieira
Edições 70
Lisboa 1974


Livro com 130 páginas e em muito bom estado de conservação.
De difícil localização.

Da contra-capa:
"Nunca fez mal a ninguém, só queria o bem do seu povo e da sua terra (...) nosso irmão se portou como homem, não falou os assuntos do seu povo, não se vendeu.
Não vamos chorar mais a sua morte, porque, Domingos António Xavier, você começa hoje a sua vida de verdade no coração do povo angolano..."



Preço: 25,00€

Angola & MPLA - 'EM DEFESA DE JOAQUIM PINTO DE ANDRADE', de Mário Brochado Coelho - Porto 1970 - Raro



Angola - O processo judicial e político da PIDE contra o nacionalista angolano


'EM DEFESA DE JOAQUIM PINTO DE ANDRADE'
De Mário Brochado Coelho
Edição de Autor
Porto 1970


Livro com 168 páginas e em muito bom estado de conservação.
De difícil localização.
Raro.

O advogado Mário Brochado Coelho reuniu neste edição todo o processo judicial e político da PIDE/DGS e do estado português contra o nacionalista Joaquim Pinto de Andrade e então Presidente de Honra do MPLA.

É um documento político desconhecido do grande público. É por isso mesmo um documento histórico da história recente de Angola.


"Ao JOAQUIM PINTO DE ANDRADE, angolano e amigo.
A todos quantos contribuíram para esta defesa, mas em especial à Maria Natália Teotónio Pereira, a quem, entretanto, vimos morrer sem que as nossas lágrimas e a nossa raiva fossem suficientes para impedir tão grande injustiça."



Da contra-capa:
"Bem o tínhamos dito, fujamos,
Somos geração de compra e venda -
Mãe que me trouxeste ao mundo,
Vem cá ver:
Estou partido como o uyombe
Reclinado sobre o joelho."



Do ÍNDICE:
- Relatório do Inspector da DGS, Adelino da Silva Tinoco, no final da instrução preparatória (excerto);
- Despacho de prenuncia provisória;
- Requerimento de instrução contraditória;
- Depoimento do Inspector da DGS, Adelino da Silva Tinoco;
- Auto de declarações dos co-querelados Sequeira Santos, Rui Ramos, Raúl Feio e Garcia Neto;
- Requerimento;
- Despacho de prenuncia definitiva;
- Reclamação do Ministério Público;
- Resposta;
- Acordam do Tribunal Plenário Criminal;
- Rol de testemunhas;
- Requerimento;
- Contestação;
- Documentos referidos na contestação;
- Declarações do arguido;
- Requerimento;
- Resumos das alegações orais;
- Respostas aos quesitos e sentenças;
- Notas conclusivas;



Preço: 17,50€

Angola & Igreja - 'MISSÃO EM ANGOLA', de Tony Neves - Braga 1997




Angola - A Igreja na defesa da paz duradoura entre os beligerantes


'MISSÃO EM ANGOLA'
De Tony Neves
Edição da Arquidiocese do Huambo
Braga 1997


Livro com 230 páginas, em muito bom estado de conservação.
De difícil localização.


Da contra-capa:
"Esperança hoje, desespero amanhã, escreverá o missionário repórter, a propósito das negociações de Abdijan, que se iam arrastando.
Antes e depois, porém, nunca se esqueceu de increver nas sua crónicas a mensagem de que a esperança é a última coisa a morrer em angola.
Tocado no mais fundo, como tantos de nós, pela força daquele grito de alma de João Paulo II, num dia glorioso de Maio, no Huambo: 'Nunva mais a guerra. Paz em Angola para sempre.'

Assim será um dia. Porque os angolanos o quiseram , naturalmente. Mas também porque houve padres, religiosos, elementos de organizações humanitárias que viveram, sofreram, e às vezes morreram a seu lado.
Animados, tão só, do espírito de farternidade e de um agudo sentimento de justiça, duas virtudes que missionários e jornalistas devem cultivar.
Adelino Gomes, no prefácio"



ÍNDICE
- Por terras do Bié - Os efeitos da Guerra;
- 'Eu também passei noites na mata' - Entrevista com a irmã Cecília Jambela;
- Adeus irmã Monique;
- 'Sonho que um dia a guerra acabará';
- O quase tudos dos sem nada - Entrevista com irmã Marcelina Chitalala;
- No Kwito-Bié, o povo dançou pela Paz;
- A única saída é o perdão,
- Deslocados do Sambo-Huambo - Entre o terror da guerra e o conforto da solidariedade;
- Cubal/Benguela: guerra, seca e solidariedade (Entrevista com irmã Generosa, Teresiana);
- Natal na Chipipa;
- Missionários com "M" grande;
- Irmã Elisabeht: mãe de 40 filhos;
- Igreja em Angola - desafios e urgências;
- 'Vamo-nos alicerçar em Angola e servir o povo' - Entrevista com a irmãi Inês Ribeiro;
- A Paz em Angola: dia zero no Huambo;
- Angola: e depois do cessar-fogo;
- Dr. Jonas Savimbi, UNITA - 'A Igreja Católica foi muito corajosa';
- Novas Forças Armadas Angolanas;
- Presidente Eduardo dos Santos - 'A Igreja Católica foi uma luz pacificadora';
- Jamba, Mavinga e Cuito Cuanavale - São símbolos deste desastre humano (Entrevista com D. José Queirós Alves, Bispo do Kuando Kubango);
- O Papa com os jovens de Angola;
- Caconda: A fé e a coragem de ficar;
- Angola: Eleições, Igreja e Democracia;
- Paz para Angola - Mensagem de Natal de 1992;
- Irmã Lurde Aguiar - Assassinada;
- A guerra no Huambo e o Seminário Menor Espiritano (Os 55 dias do Huambo 09.01.1993 a 06.03.1993);
- A guerra do Huambo e a Igreja;
- A guerra do Huambo não poupou a Igreja;
- A Igreja do Huambo - Nas frentes com o povo;
- D. Francisco Vitti regressa ao Huambo;
- Huambo 94 - Ultrapassar a guerra e o desespero?;
- Huambo: duas ordenações em tempos de "Migs";
- A guerra é quem manda;
- "O povo angolano acreditou nas boas vontades de ambos os lados";
- A Igreja do Huambo não se cala!;
- Angola - A Paz vai chegar;



Preço: 20,00€

Angola & Moçambique - 'JOGOS AFRICANOS', de Jaime Nogueira Pinto (Lisboa 2008)




Angola & Moçambique - Da descolonização, passando pelas guerras civis e pela paz...


'JOGOS AFRICANOS'
De Jaime Nogueira Pinto
Edição Esfera dos Livros
Lisboa 2008


Livro com 544 páginas, muito ilustrado e como novo.

O autor, professor universitário e investigador de assuntos africanos, participa na política africana desde o início da década de setenta do século passado.

Com o eclodir da revolução de 25 de Abril de 1974 e o início da descolonização, conspirou em angola contra os movimentos marxista através da RUA.

Já durante a guerra civil entre MPLA e UNITA, apoiou de forma decisiva e importante Jonas Savimbi e a sua organização, tendo visitado as áreas controladas por esta organização várias vezes.

Em moçambique apoiou a RENAMO e o seu líder Afonso Dalakama, tendo também um papel influente.

Conseguiu também pontes entre os partidos do poder nestas duas ex-colónias portuguesas quer na FRELIMO, quer no MPLA, tendo efectuado pontes de conversações e entendimento.

Estas são pois as suas memórias com algumas revelações surpreendentes para o grande público, sobre estes meandros da política de bastidores.

Um importante livro para entender algumas das decisões nas últimas décadas nos dois países.


Preço: 40,00€

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

S.Tomé & Ultramar - 'PRESENÇA DO ARQUIPÉLAGO DE S. TOMÉ E PRÍNCIPE NA MODERNA CULTURA PORTUGUESA', de Amândio César (S. Tomé - 1968) - Muito raro



S.Tomé - Em defesa da cultura portguesa e sãotomense


'PRESENÇA DO ARQUIPÉLAGO DE S. TOMÉ E PRÍNCIPE NA MODERNA CULTURA PORTUGUESA'
De Amândio César
Edição da Câmara Municipal de S. Tomé
S. Tomé e Príncipe 1968


Livro com 280 páginas, muito ilustrado e em excelente estado de conservação.
MUITO RARO.

Coma capa de António Lino e desenho do autor de Neves e Sousa.

Da contra-capa:
"A não existência de uma antologia que, no tempo, desse uma perspectiva real e objectiva de S. Tomé e Príncipe levou a Câmara Municipal deste arquipélago a encarregar de tal trabalho o escritor Amândio César e isto na continuidade do pensamento que presidira à sua conferência, proferida nos Paços do Concelho de S. Tomé, em Agoato de 1967.
Efectivamente, aí, Amândio César dava uma panorâmica da 'Presença do Arquipélago de S. Tomé e Príncipe na moderna cultura portuguesa'.
Portanto o seu trabalho antológico tinha já um ponto de partida para horizonte mais vasto, que no espaço, quer no tempo. Por outro lado, essa antologia havia de nascer depois de um contacto directo do autor com as terras de S. Tomé e Príncipe, visitadas, observadas e e estudadas logos após ter sido proferida a conferência já referida. Portanto, uma antologia tanto quanto possível objectiva e completa já para o metropolitano, já para o radicado e, finalmente, sobretudo, para o filho da terra.
Dedicou Amândio César um ano a recolher elementos, textos, autores e iconografia - de modo que a antologia que lhe tinha sido sugerida fosse um complemento das palavras proferidas em S. Tomé. É esse o testemunho que agora se apresenta e que pode dar ao leitor curioso de conhecimentos uma imagem de S. Tomé e Príncipe, tanto quanto possível completa, para ser compreendida, pesada e apreciada através da sua evolução como aglomerado humano e com realização plenamente portuguesa, no Trópico.
Em vésperas da comemoração do meio milénio do achamento do arquipélago de S. Tomé e Príncipe afigura-se-nos de útil o trabalho que a Câmara Municipal de S. Tomé decidiu levar a cabo.O público desejoso de esclarecimentos sobre o nosso Ultramar encontrará copiosa bibliografia para se informar e para poder dar o seu parecer judicativo, com absoluta objectividade.
Para esse fim se procedeu à presente edição do trabalho de Amândio César."



Preço: 90,00€

Ultramar & Guerra colonial - 'ANGOLA NA ÁFRICA DESTE TEMPO', de Horácio de Sá Viana Rebelo (Luanda 1961) - MUITO RARO



Angola - Do antigo governador geral a apresentação do seu trabalho


'ANGOLA NA ÁFRICA DESTE TEMPO'
De Horácio de Sá Viana Rebelo
Luanda 1961


Livro com 296 páginas, em bom estado de conservação.
Apresenta algum desgaste na capa e lombada.
MUITO RARO.

O autor, que exerceu o cargo de Governador-Geral de Angola, editou esta obra com parte das suas intervenções ao longo do seu exércício, com a reprodução dos discrusos que então proferiu nas mais variadas circunstâncias.

Um interessante e histórico documentos.


Preço: 50,00€

Ultramar - 'MOÇAMBIQUE É PORTUGAL', de Alves Pinheiro (Rio de Janeiro 1965) - RARO



Moçambique - A defesa da presença e da acção colonial de Portugal na costa oriental africana


'MOÇAMBIQUE É PORTUGAL'
De Alves Pinheiro
Edição do autor
Rio de Janeiro 1965


Livro com com 192 páginas, em muito bom estado de conservação.
MUITO RARO.

O autor editou também outro livro dedicado à presença portuguesa no continente africano, com o título, 'ANGOLA - TERRA E SANGUE DE PORTUGAL', em 1963.

Da contra-capa:
"Este livro documenta o esforço histórico e grandioso de Portugal levando ao continente negro a paz, a fé e a civilização."


ÍNDICE
- Um depoimento sincero
- Portugal em Moçambique
- A esquina do mundo
- Lourenço Marques, uma confluência de civilizações
- Mosaico humano numa democracia racial
- Noite europeia num mundo africano
- As acácias rubras na paisagem de sol
- Surpresa empolgante após as florestas e os desertos
- A vida intelectual
- Grande atracção turística
- Os portugueses afundam raízes
- Os níveis de vida
- A mentira do mercado de escravos
- Um dos maiores escoadouros de África
- Cidade que madruga
- Limpopo, uma experiência e um exemplo
- O estranho e o fascinante
- A saúde pública
- Espanto e fúria das selvas africanas
- Industrialização
- Beira, milagre do homem
- Nem sagaia, nem catana
- A sedução das coutadas
- O caçador arrependido
- Quelimane, a dos bons sinais
- O homem-dineiro e o homem-leão
- Zambézia, uma reserva para a humanidade
- Nampula, a Brasilia de Moçambique
- O régulo
- A Guimarães de África
- Por onde andou Cabral
- Pegadas de Camões e S. Francisco Xavier
- O matriarcado
- O português chegou para ficar
- Portugal sózinho tendo quase todos contra si
- Apêndice
- Os portugueses na costa oriental
- O "Mapa cor-de-rosa"
- Outras lutas
- Paz e trabalho



Preço: 40,00€

Moçambique - 'ILHA DE MOÇAMBIQUE PANORAMA ESTÉTICO', de Alexandre Lobato (Lisboa 1966) - MUITO RARO



Moçambique - A beleza e a história da Ilha de Moçambique num magnífico livro


'ILHA DE MOÇAMBIQUE PANORAMA ESTÉTICO'
De Alexandre Lobato
Edição da Agência-Geral do Ultramar
Lisboa 1966


Livro com 126 páginas e muito ilustrado com fotografias a p/b e a cores.
Em muito bom estado de conservação.
MUITO RARO.

Os desenhos, aguarelas e fotografias a cores, são da autoria do Arquitecto Mário de Oliveira.
As restantes fotografias são de Carlos Alberto e José Marques Caetano.

É um dos mais importantes e melhores livros sobre o património da Ilha de Moçambique.


Preço: 100,00€

domingo, 18 de agosto de 2013

Angola & Guerra colonial - 'ATÉ AO FIM - A última operação', de António Vasconcelos Raposo (2011)



Angola - Relarto de operações de combate no sudeste angolano com os fuzileiros


'ATÉ AO FIM - A última operação'
De António Vasconcelos Raposo
Sextante editora
Lisboa 2011


Livro com 120 páginas, ilustrado e como novo.

O autor, um dos membros da companhia de fuzileiros de que o livro trata, relata o ambiente - em vésperas de 25 de Abril de 1974 - e os meandors de uma operação especial para capturar um comando de guerrilheiros na zona sudeste de Angola.

É um relato apaixonante e muito dramático e emocionante. Aqui se pode 'ver' e 'sentir' como se faziam as operações militares de grande secretismo e risco, realizadas pro tropas especiais, no caso pelos fuzileiros.

Um livro muito bom sobre o ambiente militar que se vivia no terreno, tendo ainda como parte do enredo o agente da PIDE presente na operação e que é apanhado pela revolução de Abril !


Preço: 25,00€

Angola & Guerra Colonial - 'AMOR NA GUERRA', de Daniel Costa (Alcochete 2010)



Angola - Um tstemunho da guerra colonial nesta antiga colónia portuguesa


'AMOR NA GUERRA'
De Daniel Costa
Edição Alfarroba
Alcochete 2010


Livro com 100 páginas, muito ilustrado e como novo.

Um interessante e muito bem escrito livro sobre as memórias da sua passagem pela guerra colonial, tendo como cenário a antiga colónia de Angola, para onde foi mobilizado em 1962, com a sua companhia de cavalaria.

Na recruta conviveu em Estremoz com o então tenente-coronel António de Spínola e na viagem de navio para África foi em conjunto com a companhia chefiada pelo então também tenente-coronel Costa Gomes.

Este livro está ainda ilustrado com magníficas e muito elucidativas fotografias da guerra colonial em Angola.


Preço: 15,00€

Guerra colonial - 'ÀS VEZES NEVA EM ABRIL', de João Santos Lopes (1998)



Guerra colonial - O teatro como pano de fundo usado para abordar o dramático conflito africano


'ÀS VEZES NEVA EM ABRIL'
De João Santos Lopes
Publicações Dom Quixote
Lisboa 1998


Livro com 82 páginas, como novo.

Da contra-capa:
"A minha opinião é que em Portugal, se há assuntos que são claramente tabus, um é a questão da Guerra Colonial.
Ninguém fala da Guerra Colonial ou, quando se fala, fala-se sempre de forma deturpada.
O peso da Guerra de África é muito forte.
Aquela ideia de que os portugueses são um povo de brandos costumes tem sido muito alimentada. Nós não somos realmente um povo de brandos costumes.
Nunca tivemos foi aqui na nossa sociedade denâmicas de senvolvimento capitalista suficientemente intensas que gerassem uma filosofia individualista forte.
É devido à ausência dessa filosofia que não atingimos ainda niveis de tensão racial tão agudos como se verifica nos países mais desenvolvidos."


Preço: 15,00€

Angola - 'COOKBOOK OF THE COMMUNITY' (Luanda 1970) - MUITO RARO



Angola - A gastronomia africana e portuguesa com influência indiana usada nesta antiga colónia portuguesa


'COOKBOOK OF THE COMMUNITY'
Edição Neográfica
Luanda 1970


Livro com 260 páginas, muito ilustrado e em muito bom estado de conservação.
Em português e inglês.
MUITO RARO.

Livro muito completo com receitas da gastronomia que se usava na década de setenta do século passado em Angola, com as suas influências africanas, portuguesas e indianas.

Considerado o melhor livro de gastronomia de Angola e do antigo ultramar p+ortuguês.


Preço: 90,00€

sábado, 17 de agosto de 2013

Guerra colonial - 'AUTÓPSIA DE UM MAR DE RUÍNAS', de João de Melo (1987)



Guerra colonial - A guerra vista por quem a viveu e a descrveu...


'AUTÓPSIA DE UM MAR DE RUÍNAS'
De João de Melo
Edição Círculo Leitores
Lisboa 1987


Livro com 264 páginas e em muito bom estado de conservação.

Com vasta obra bibliográfica, o autor dedica uma grande parte ao tema, guerra colonial.

Considerado um dos exemplares da temática com mais impacto entre o público leitor.

Sobre o livro 'AUTÓPSIA DE UM MAR DE RUÍNAS', da edição de 1984, escreveu Domingos de Oliveira Dias, da Brown University:
"(...) João de Melo oferece-nos um romance cuidadosamente elaborado, o arado da sua escrita resolve bem fundo no chão onde pisamos as palavras do quotidiano, a autópsia proposta talves não se circunscreva apenas ao cadáver de uma guerra morta à nascença, mais morta que a maior parte das guerras, porquanto até para matar, trucidar, extreminar, é preciso ter objectivos e motivações - por egoístas ou irracionais que sejam (são-no sempre) uns e outros - não se chacinapelo simples prazer de sentir o cheiro do sangue (...)
Ora, ao povo português faltava, felizmente, essa sanha de ferocidade mórbida que só a irracionalidade 'justicia'(...)"


Preço: 20,00€