sábado, 9 de setembro de 2017

Angola & Literatura - 'MÁKUA - Antologia poética' - COLECÇÃO COMPLETA - 6 volumes - Sá da Bandeira 1963/64 - MUITO RARO;



Angola & Literatura - Um conjunto de 6 volumes de poesia angolana e internacional, em edição muito rara das Publicações Imbondeiro


'MÁKUA - Antologia poética' - COLECÇÃO COMPLETA - 6 volumes
Edição Publicações Inbondeiro
Sá da Bandeira 1963/64

Todos em muito bom estado de conservação (com excepção da capa do exemplar volume 4) e de grande procura.
MUITO RAROS.


***********************************************************************************************************



'MÁKUA - Antologia poética' (1)
Publicações Imbondeiro
Sá da da Bandeira 1963

Livro com 62 páginas e em muito bom estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.


Do ÍNDICE:
- NOTAS BIO-BIBLIOGRÁFICAS
01. - TOMAZ VIEIRA DA CRUZ - ('Drama em Kaungula');
02. - ALBINO F. de Sá - ('Meu Pai' - 'Carta do Brasil' - 'Fantasia' - 'Saudade' - 'Aquelas mãos' - 'Par de asas');
03. - AMÉLIA VEIGA - ('No ventre da terra é que sou nascida...' - 'Angola' - 'A negra Angélia' - 'O novo homem');
04. - ANTUNES DA SILVA - ('Notícia' - 'Poesia' - 'O receio não é bem a sentença lavrada');
05. - ARMÉNIO VIEIRA E SILVA - ('Poema' - 'Evocação da minha infância' - 'Vai e diz');
06. - EDUARDO TEÓFILO - ('Credo' - 'Mundo possível' - 'Espera');
07. - EUGÉNIO DOS SANTOS LEMOS - ('Ruas sem sol');
08. - GRABRIELLO DE ALTAMIRA - ('A rima' - 'Tântalo' - 'A inspiração');
09. - Heitor Gomes-Teixeira - ('Romance do amor antigo' - 'Ali...mais adiante...ainda há...' - 'Estas luzes do destino' - 'Esboço de canção');
10. - JOSÉ DOS SANTOS MARQUES - ('Nova mensagem de amor para todos os continentes' - 'Poema para a hora da libertação');
11. - LÍLIA DA FONSECA - ('Sobressalto' - 'Mãos tombadas');
12. - MADI - ('Intrusos' - 'Alma que chora');
13. - MANUEL AMARAL - ('Canção das palavras' - 'Canção dos Arcos' - 'Canção adverbial');
14. - PAULO CID - ('Do amanhã no mar' - 'Herança' - 'Sabe-me a boca a sangue e a vida');
15. - TOMÁS JORGE - ('Aos irmãos' - 'Bipoema' - 'Terceiro poema colorido');





'MÁKUA - Antologia poética' (2)
Publicações Imbondeiro
Sá da Bandeira 1963


Livro com 64 páginas e em muito bom estado de conservação.
De muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.


Do ÍNDICE:

NOTAS BIOBLIOGRÁFICAS
01. - ALDA LARA - ('Rumo' - 'Testamento');
02. - ANTÓNIO DE MATOS PEREIRA - ('Bilhete de viagem: poesia' - 'Subiu um corpo' - 'Repetição');
03. - ARMANDO VENTURA FERREIRA - ('Quatro poemas de "A ASTRONAVE"' - 'A Astronave' III - 'A Astronave' IV - 'A Astronave' V);
04. - AURORA SANTOS - ('Desalento' - 'Gólgota' - 'O cravo vermelho' - 'Na solidão');
05. - FERNANDO MELRO - ('Éramos longe' - 'E os dias fúteis' - 'Tempo' - 'Nuvens' - 'Soneto décimo' - 'Soneto décimo quinto' - 'Soneto vigésimo oitavo');
06. - GABRIEL MARIANO - ('Uma bela companheira' - 'Família' - 'Toada do contrabandista' - 'A vózinha fraca dela');
07. - HELLE ALVES - ('Poema total' - 'Idade do sol' - 'Bouleverséjando' - 'Caminhos do Homem');
08. - JORGE MACEDO - ('1, 2, 3, 4');
09. - MÁRIO ANTÓNIO - ('Poema' - 'Casa mortuária' - 'Um mundo' - 'Manhã');
10. - OVÍDIO MARTINS - ('Caboverdianamente' - 'Medo' - 'Reis da Baía' - 'Adiado o tempo para amar' - 'Noite longa');
11. - REINALDO DE CASTRO - ('À hora do sol pôr' - 'Visita' - 'De não sorrir');
12. - TEOBALDO VIRGÍNIO - ('Seara' - 'Menino' - 'Rota longa' - 'Crisálida rasgada');
13. - TÓI GALVÃO - ('Homem-Deus' - 'Minha liberdade dos outros' - 'Cântico sem Lei');
14. - TOLSTOI LUSITANO MOITA - ('Cenário para dois (TUNDAVALA)');





'MÁKUA - Antologia poética' (3)
Publicações Imbondeiro
Sá da Bandeira 1963


Livro com 84 páginas e em muito bom estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.


Do ÍNDICE
- Tópicos para a compreensão da presente antologia;
- NOTAS BIBLIOGRÁFICAS;

01. - A. NEVES E SOUSA - ('Carnaval Triste' - 'Viagem ao sol' - 'Luanda');
02. - AGOSTINHO NETO - ('Quitandeira' - 'Confiança' - 'Mussunda Amigo' - 'Sim em qualquer poema');
03. - AIRES DE ALMEIDA SANTOS - ('Juro' - 'Meu amor da Rua Onze' - 'Quem tem o canhé' - 'A Mulemba secou');
04. - ALDA LARA - ('Presença' - 'Anúncio' - 'Testamento' - 'Momento');
05. - ALEXANDRE DÁSKALOS - ('A sombra das gaelas' - 'Poema' - 'Carta');
06. - ALFREDO MARGARIDO - ('Ao Costa Andrade'); m
07. - ÁLVARO REIS - ('Poema' - 'Muquixe');
08. - AMÉLIA VEIGA - ('Complexo Psico-Fobia' - 'Lassidão' - 'A teus pés' - 'Temho saudades de mim' - 'Estou cansada de ser gente' - 'Perdão' - 'Vento da liberdade');
09. - ANTERO DE ABREU - ('Aspiração' - 'Libertação' - 'Poema' - 'A alienação e as horas' - Aos novos gladiadores');
10. - ANTÓNIO CARDOSO - ('Árvore de freutos' - 'Poema' - 'Sarita');
11. - ANTÓNIO JACINTO - ('Instante' - 'Castigo pro comboio malandro' - 'Era uma vez...' - 'Canto inferior de um noite fantástica');
12. - ANTÓNIO NETO - ('Arte poética' - 'Os mortos perguntam');
13. - ARNALDO SANTOS - ('Tu' - 'Lavadeira' - 'Regresso' - 'Poema')





'MÁKUA - Antologia poética' (4)
Publicações Imbondeiro
Sá da Bandeira 1963

Livro com 60 páginas e em muito bom estado de conservação.
De muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.


Do ÍNDICE:
NOTAS BIOBLIOGRÁFICAS
01. - ARMANDO DE FIGUEIREDO - ('CIBELE - A divindade real');
02. - BASÍLIO LOPES - ('Maioridade' - 'Fumando a ler Goethe' - 'Um dia que foi ano' - 'Madalena' - 'Lendo "A 25.a HORA"' - 'Poema para ti' - 'Apesar de tudo...');
03. - CAMILO REBELO GOMES - ('Poema familiar' - 'Linha Quebrada' - 'Muro da vergonha' - 'Primícias' - 'Longitude');
04. - COSTA MENDES - ('Saltimbanco' - 'Ceufeira' - 'Homens da limpeza');
05. - EDUARDO BRASÃO - ('Poema' - 'Poema' - 'Poema' - 'Vibrações' - 'Hora grande');
06. - J. ROSÁRIO - ('Ao julgado de mim...' - 'Êxodo' - 'Elogio à loucura...');
07. - JORGE MANUEL MIRANDA ALFAMA - ('Poema' - 'Desespero' - 'O nosso mundo' - 'Partida' - 'Prelúdio');
08. - LINDOLF BELL - ('O poema das crianças traídas');
09. - M. CERVEIRA PINTO - ('Epilogo' - 'Exaltação' - 'Coincidência' - 'Natureza');
10. - RUI FERREIRA COELHO - ('Luar do meu sertão' - 'Soneto' - 'Relógio da vida' - 'As covinhas do teu rosto');
11. - WALMIR AYALA - ('O morto na calçada' - 'Canção a Cecília Meireles' - 'Até o fim');





'MÁKUA - Antologia poética' (5/6)
Grandes poetas do século XX

Edições Imbondeiro
Sá da Bandeira 1964

Livro com 152 páginas e em muito bom estado de conservação. Excelente.
Me muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO;


Do ÍNDICE:
PREFÁCIO - Jonas Negalha
01. - ATTILA JOZSEF - ('Balada' - 'Ajuste de contas');
02. - BERTOLT BRECHT - ('A cruzada das crianças');
03. - ELIAS SIMOPOULOS - ('Seis de Agosto');
04. - EUGEN JEBELEANU - ('Encontro com Hiroshima' - 'O coro das crianças mortas' - 'A voz dos pássaros de Hiroshima');
05. - FERNANDO PESSOA - ('Ode triunfal');
06. - GASTON-HENRY AUFRÉRE - ('Noites de guerra' - 'Carta não expedida' - 'Versos a uma criança' - 'Canto do escravo' - 'Canto de celular' - 'Sangue');
07. - GIUSEPPE UNGARETTI - ('A mãe' - 'Quietude' - 'Estátua' - 'Vermelho e Azul' - 'O capitão' - 'Grito' - 'À tarde' - 'Sombra' - 'Fonte');
08. - GUILLAUME APOLLINAIRE - ('Sombra do meu amor');
09. - JIRI WOLKER - ('As coisas' - 'Seara' - 'Balada dos olhos de um fogueiro' - 'Mendigos' - 'Um homem' - 'O mundo num leito do hospital');
10. - LANGSTON HUGHES - ('Canção para uma jovem negra' - 'Eu também sou da América');
11. - PABLO NERUDA - ('Ângela Adónica' - 'Poema3' - 'Poema20');
12. - RAFAEL ALBERTI - ('Balada dos ociosos do campo' - 'Balada do silêncio' - 'Balada da sinceridade ao toque das almas' - 'Canção 8' - 'Púrpura nevada');
13. - THOMAS STEARNS ELIOT - ('Os homens vazios');
14. - VLADIMIR MAIAKOVSKI - ('Estrela' - 'Guerra e Paz' - 'O poeta-operário');


Preço: 350,00€; (LOTE COMPLETO)

Angola & Guerra Colonial - MEMÓRIAS DE GUERRA', de Flávio Capuleto - Lisboa 1977 - MUITO RARO;






Angola & Guerra Colonial - As memórias militares do autor e dos seus companheiros, descritas de forma tão pormenorizada saque mais parece um guião de um filme biográfico


'MEMÓRIAS DE GUERRA
(8 de Agosto de 1963 a 31 de Agosto de 1965)'

De Flávio Capuleto
Edição do autor
Lisboa 1977


Prémio CRÓNICA FEMININA, no concurso 'A minha vida dava um filme'.

Livro com 304 páginas, muito ilustrado, e em muito bom estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.


Da badana:
"Uma guerra subversiva não é uma guerra fácil e está em que estamos envolvidos não é para ser ganha, como tão obstinadamente se pretende. Nós sabemos que os guerrilheiros não dispõe de material bélico bastante para nos infligirem uma derrota militar. Contudo, eles possuem armamento suficiente para nos causarem dores de cabeça constantes.

As perdas materiais, as mortes dos camaradas e as suas mutilações exercem nos homens que combatem uma influência poderosa desgastando psicologicamente os soldados e arruinando cada vez mais o moral das tropas.

...E a guerra continua. Continua sem se lhe vislumbrar o fim e com prejuízos graves para ambas as partes. O acordo com garantias para Portugal, segurança não só para os africanos como também para os europeus que residem além-mar, que hoje seria viável tornar-se-á amanhã, quem sabe, numa derrocada para todos?! Porque não se pensa nisto a sério? Ou será que alguém acredita, ainda, num possível milagre?

Não somos nós a acreditar, pois se as dúvidas têm surgido é sobretudo entre os homens que combatem no mato em África. (...)"



Da contracapa:
"...A cidade não tarda a ficar para trás. Os homens não desanimam ao avistar os primeiros morros, os cactos, o ambiente de pavor. Assobiam o tema do filme 'O dia mais longo'. Toda a gente deixa-se contagiar-se. De repente, as bocas põem-se a cantar: 'Eles aí vão para a montanha...' Há arrepios de felicidade, dramática e estranha. Impossível descrever, com palavras, um estado de alma como aquele que sentimos. A guerra tem momentos supremos, inconfessáveis.

O sol levanta-se agora, anima a paisagem.
...17 m volvidos, tiros, gritos.
- Malta, aí estão os gajos! Baixem a cabeça...

Cai qualquer coisa perto de nós. Encolho-me o mais que posso. No momento em que a granada rebenta, forma-se uma nuvem espessa à minha frente, uma autêntica muralha de poeira ressequida. Vicente sente uma pancada em baixo, no ventre.
- Estou ferido! Filhos da puta!...

Os guerrilheiros são às dezenas, aos montes. Estamos a ser bem alvejados. Há mais feridos, mais sangue. Mais tensão. Durante 45 minutos a fúria do combate atinge o paroxismo. Os homens a quem acabou a metralha desesperam, descontrolam os companheiros.
(...)"




Do ÍNDICE:

Dedicatória

Embarque de tropas
Confusão
Boatos
O jogo
Espectáculo ao ar livre
A passagem do Equador
Assalto à cozinha
Terra à vista

Desembarque
Primeira noite
As moscas
Primeiras rendições
Escolta
Um PV2
Campo de sucata
Colecções de lembranças
O soldado Narciso
Padre Zézinho
Efeito da máquina de filmar
Bolachas de ração
Medalhas de sorte
Grandes operações
Sintomas
Ronda no Muceque
S. Paulo
O 'Quintas'
Notícias da Pátria
Glória aos vencidos
As 'lavras'
A aventura
O inferno dos insectos
Enfermeiras pára-quedistas
Operação 'Andorinha'
Diário de um pára-quedista
Conversas de guerra
O 'quico'
Escolta ao Zala
O capitão 'Hoss'
Um salto arriscado
O golpe
Dolorosa experiência
O abismo da selva
Plantão à caserna
Notícias da metrópole
Operação 'Barba-Azul'
A vida na selva
Com febre
Tentativa de fuga
A tortura
Regresso à barraca
Ataque ao acampamento
Os crocodilos
Estranhos pensamentos
A fuga

S. SALVADOR
A viagem
Kakita
O vampiro
Primeira batida
A proeza do cabo Chico
Ronda à pista
Estranhos costumes
De reforço
O futuro da Pátria
O pardal do mato
As abelhas 'turras'
O testa de ferro
Posto de observação
A última colheita de bananas
O amor de uma negra
A derradeira missão
A noite de 8 de Agosto

Rendição
O encontro final
O regresso



Preço: 30,00€;

Moçambique & Literatura - 'E AS RAIVA PASSA POR CIMA, FICA ENGROSSAR UM SILÊNCIO', de Ascêncio de Freitas - Lisboa 1979 - MUITO RARO;




Moçambique & Literatura - Obra de uma dos mais proeminentes escritores moçambicanos de expressão portuguesa


'E AS RAIVA PASSA POR CIMA, FICA ENGROSSAR UM SILÊNCIO'
De Ascêncio de Freitas
Ilustração da capa de Mário García
África editora
Lisboa 1979


Livro com 136 páginas e em muito bom estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO RARO.


Da dedicatória:
"À memória de Eduardo Chivambo Mondlane."



Do ÍNDICE:

Dedicatória

PRIMEIRA PARTE
- Quando que gente de nosso gente foi-se embora
- Os princípio de cada coisa
- É as raiva passa por cima, fica engrossar um silêncio
- Chove, chuva, chovendo - dia que Titinha morreu
- E a mais diferente noite, e o dia que preto Xaviè morreu
- Tudo era aquela parte de terra de fronteira
- Lukutúkué
- Estória qual como que muzungo Emílio Filipe
- É que sabe - e os preto
- Mainato Paulino e sô Basílio, os dois que tem Nazareia no meio

Segunda parte
- Cão cantador
- A caçada
- Bicho desabusado
- As almas

Glossário



Preço: 32,50€;

África & Ultramar - 'PORTUGAL Y LA SOLIDARIDAD DE OCCIDENTE', de Luís Gonzalez Barros - Lisboa 1965 - MUITO RARO;




África & Ultramar - Portugal e as suas colónias perante a comunidade internacional na investigação de um escritor colombiano


'PORTUGAL Y LA SOLIDARIDAD DE OCCIDENTE'
De Luís Gonzalez Barros
Edição do autor (?)
Lisboa 1965


Livro de capas duras, sobrecapas, com 296 páginas, muito ilustrado e em muito bom estado de conservação. Excelente.
De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.



Do ÍNDICE:

INTRODUCCION
Bogotá 1964

I
REFLEXIONES Y ANTECEDENTES
Velocidad de la época.
Choque de ideologias.
Pacto ruso-germano.
La Carta del Atlântico.
Declaración de las Naciones Unidas.
Declaración de las 'quatro Naciones'.

II
EL DIALOGO DE LA TRAVESIA
La historia de Madame Tessler.
De Gaulle.
De Brinon.
Stalin no concurre ni a Casablanca ni al Cairo.
La declaración de Teherán.
Si Monummentum Requiris, Circumpspice.
Dumbarton Oaks. Yalta. Los neutrales.

III
EL DIALOGO DE LA PRENSA AMERICANA
La 'cruzada por lá democracia', el ejemplo del 'NEW YORK TIMES' y Fidel Castro.
La libertad de Prensa.
Los nuevos 'Pares'.

IV
EL DIALOGO DE LA CONFERENCIA DE SAN FRANCISCO

V
EL DIALOGO DE LAS AZORES

VI
EL DIALOGO DE SAN JUAN BAUTISTA DE AJUDA

VII
EL DIALOGO DE CABO VERDE

VIII
EL DIALOGO DE GUINEA

IX
EL DIALOGO DE SANTO TOMÉ Y PRINCIPE

X
EL DIALOGO DEL ATLÂNTICO

XI
EL DIALOGO DE LA INDIA
La partida de Vasco da Gama.
El objetivo de D. Henrique, D. Francisco de Almeida.
Ley protectora de la mezcla racial, de 1775.
Neo importancia de asiáticos y africanos.
La India violó los tratados.
Preludio a la invasión.
El laborista Edwin Thounsend relata lo ocurrido en Goa.
Los Bajpai. Evora vista por la Sra. Bajpai.
La religión: opiniones sobre Pascal y Bacón.
Impacto de occidente en India; opiniones encontradas.
La señora Bajpai diserta sobre historia.
La India a la llegada de los occidentales.m
Polémico diálogo con Meredith.
Nehru deja caer la máscara. La invasión.
El problema de Ladakah.
Porvenir actual para un goês en su tierra nativa.
Los goeses dentro de la nación portuguesa.
La señora Bajpai predice el triunfo socialista y el dominio de los asiáticos.
Colonización del Africa por Asia y expulsión de los europeos.
Disolución de la actual Unión India, solución posible a sus múltiples problemas.

XII
EL DIALOGO DE ANGOLA
Opiniones de M. et Madame Merlau sobre la permanencia europea en Africa y la información.
Diferencias entre las provincias ultramarinas.
El caso francés.
Las repúblicas americanas y España. Jamaica. Martinica. Trinidad.
Contacto de los portugueses con el Africa Negra.
Descubrimiento del Zaire o Congo.
Relaciones con el Manicongo y Manisonho.
Ataques holandeses.
Disputa diplomática.

XIII
EL DIALOGO DE LUANDA
Una impresionante vista desde el aire.
El barrio de Corea, construcciones definitivas.
En el funeral del señor Martins, de Carmona.
Los mozeques.
Visita a las plantaciones de algodón en Catete, condiciones de los trabajadores, conversación con quienes escogí.
La Isla de Luanda y sus belezas.



Preço: 60,00€;

África & Independências - 'ARGÉLIA E ANGOLA - SOLIDARIEDADE TRAÍDA', de José César Augusto 'Kiluanji' - Lisboa 2002 - Raro;



África & Independências - Uma resenha da cooperação e solidariedade da Argélia e Angola no período da guerra de libertação e após a independência angolana, na perspectiva do autor


'ARGÉLIA E ANGOLA - SOLIDARIEDADE TRAÍDA'
De José César Augusto 'Kiluanji'
Edição QB Comunicação
Lisboa 2002



Livro com 128 páginas, ilustrado e em muito bom estado de conservação. Como novo. Excelente.
De muito dificil localização.
Raro.


Do ÍNDICE:

INTRODUÇÃO

- Argélia e Angola - Solidariedade traída
- A FNLA tinha planos para degolar a população de Luanda em 1975
- O Secretário de Estado que infringiu a ética e atentou contra as relações com a Argélia
- Dilolwa dá aulas sobre a história de Angola
- Ainda sobre as vicissitudes coloniais
- Nas zonas do algodão
- Postura imoral de pastores protestantes
- Outros comportamentos imorais
- Mais um posto sanitário
- Na Guiné-Bissau antes da luta de libertação
- Luta de libertação nacional
- Sobre os Estados Unidos da América
- Milosevic critica o Ocidente
- Volto ao tema Argélia e Angola
- Mais perigos que o Diabo
- Lições de Pierre Mulele - 'Prestem atenção à história'
- Discussão de dois africanos
- Estudantes no exterior
- Recomeça o diálogo
- FILIPINAS - 200 padres sob suspeita
- Agostinho Neto
- Os anos que passei na Argélia
- Amorfismo em relação à Argélia
- Ofícios
- Os polos de atracção e a cooperação Sul-Sul
- Estimados africanos
- Argélia é um país potencialmente rico
- As grandes delegações angolanas
- Os que arrancaram a Argélia das amarras coloniais francesas
- As altas personalidades que conheci
- Conheci 158 embaixadores de vários países do mundo
- O holocausto do integrismo fundamentalista
- Tentariva de estudo
- Outros momentos altos que marcaram a minha missão
- Reencontro com os companheiros antigos combatentes argelinos antes e durante a Cimeira da OUA, de Julho de 1999
- Na hora do adeus à sua Excelência o senhor Abdelazz Bouteflika, Presidente da República, no dia 12 de Janeiro do ano 2000
- O aperto de mão do adeus
- As paisagens, a hospitalidade e a gentileza da população argelina
- FOTOGRAFIAS



Preço: 32,50€;

Angola & Literatura - 'AS AVENTURAS DO AMOR-FLOR EM ÁFRICA', de Maria Eugénia Neto - Luanda 1992 - MUITO RARO;





Angola & Literatura - Uma obra da literatura angolana infanto-juvenil, da autoria da escritora que foi a esposa do líder do MPLAGOSTINHO e primeiro Presidente do país


'AS AVENTURAS DO AMOR-FLOR EM ÁFRICA'
De Maria Eugénia Neto
Ilustrações de Henrique Arede
Edição da UEA (União dos Escritores Angolanos)
Luanda 1992


Livro com 40 páginas, muito ilustrado e em muito bom estado de conservação. Excelente.
De muito
MUITO RARO.



LIVROS DA AUTORA

Literatura Infanto-Juvenil
- 'E NAS FLORESTAS OS BICHOS FALARAM...' - Luanda 1977;
- 'A FORMAÇÃO DE UMA ESTRELA E OUTRAS HISTÓRIAS NA TERRA' - Luanda 1979;
- 'A LENDA DAS ASAS E DA MENINA MESTIÇA-FLOR' - Luanda 1981;
- 'AS NOSSAS MÃOS CONSTROEM A LIBERDADE' - Luanda 1979;
- 'A TREPADEIRA QUE QUERIA VER O CÉU AZUL' - Luanda 1982;
- 'OS ANIMAIS DE DUAS GIBAS' - Luanda 1985;
- 'A MENINA EUFLORES' - Luanda (?);
- 'A MONTANHA DO SOL' - Luanda 1989;
- 'O VATICÍNIO DA KIANDA NA PIROGA DO TEMPO' - Luanda 1989;
- 'AS AVENTURAS DE AMOR-FLOR EM ÁFRICA' - Luanda 1992;

Poesia
- 'FOI ESPERANÇA E DOI CERTEZA' - Luanda 1979;
- 'ESTE É O CANTO' - Luanda (?);

Testemunho
- 'FICA AÍ DENTRO DO QUARTO O SOLDADO SOU EU' - Luanda 1985;
- 'EM CABO VERDE NASCEU UM MENINO E O MENINO CHAMOU-SE AGOSTINHO NETO' - Luanda 1985;
- 'NINGUÉM IMPEDIRIA A CHUVA' - Luanda 1991;


Preço: 37,50€;

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Angola & Ciência - 'FRIEDRICH WELWITSCH - VIDA E OBRA', de Helmut Dolezal - Lisboa 1974 - MUITO RARO;




Angola & Ciência - Uma muito completa biografia e relação da obra científica do investigador alemão, com destaque para a sua presença nesta antiga colónia portuguesa


'FRIEDRICH WELWITSCH - VIDA E OBRA'
De Helmut Dolezal
Traduzido e anotado por A. W. Exell & E. J. Mendes
Edição da Junta de Investigações Científicas do Ultramar
Lisboa 1974


Livro com 252 páginas, ilustrado e em muito bom estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO RARO.



Do ÍNDICE:

PREÂMBULO
Preamble

I. - VIDA DE FRIEDRICH WELWITSCH
II. - A OBRA DE FRIEDRICH WELWITSCH
- Efemérides
III. - Bibliografia
IV. - Bases documentais

Agradecimentos
Índice
De nomes, localidades, nomes científicos das plantas e dos animais


Preço: 0,00€; (Indisponível)

Angola & Literatura - 'SAGRADA ESPERANÇA', de Agostinho Neto - Luanda 2001 - MUITO RARO;



Angola & Literatura - A obra mais representativa da poesia de Agostinho Neto em edição especial e cuidada


'SAGRADA ESPERANÇA'
De Agostinho Neto
Edição Especial do Governo Provincial de Luanda
Luanda 2001 -


Livro com 170 páginas e em muito bom estado de conservação. Excelente.
De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.


Bibliografia de Agostinho Neto por Manuel Ferreira.



Preço: 32,50€;

Colonialismo & Ultramar - 'O COLONATO EUROPEU DA CELA, EM ANGOLA', de A. Martins Afonso - Lisboa 1961 - MUITO RARO;




Colonialismo & Ultramar - Uma análise aprofundada do sistema de colonatos encetada pela administração colonial portuguesa nas colónias africanas de Angola e Moçambique


'O COLONATO EUROPEU DA CELA, EM ANGOLA'
De A. Martins Afonso
Povoamento Agrário no Ultramar Português
Edição da Agência-Geral do Ultramar
Lisboa 1961


Livro com 32 páginas, ilustrado e em muito bom estado de conservação. Excelente.
De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.


Do ÍNDICE:

PREÂMBULO

I
A OBRA JÁ REALIZADA
- Primeiras impressões - A Vila de Santa Combate
- As aldeias já povoadas
Zona I
Zona II
- As principais culturas
- A população do colonato
- A vida dos colonos

II
PROJECTOS PARA O FUTURO
- Pecuária e lacticínios
- Alargamento da área cultivada
- Fazendas maiores: 50 e 120 hectares
- Os rendimentos previstos

III
AS CRÍTICAS À OBRA DO COLONATO
1.* - "Os produtos estragam-se na Cela por falta de escoamento";
2.* - "Os colonos nunca poderão progredir além de uma precária mediania";
3.* - "A obra do colonato é excessivamente dispendiosa";

IV
O SENTIDO POLÍTICO-SOCIAL DA OBRA EM CURSO

IMPRESSÕES FINAIS
- Em conclusão


Preço: 45,00€;