sexta-feira, 30 de junho de 2017

Guiné-Bissau & Guerra colonial - 'GUERRA NA GUINÉ', de Hélio Felgas - Lisboa 1967 - MUITO RARO





Guiné - A acção militar e administrativa portuguesa relatada por oficial superior


'GUERRA NA GUINÉ'
De Hélio Felgas
Edição SPME
Lisboa 1967


Livro com 132 páginas,ilustrado e em muito bom estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO RARO.


– «Do lado do inimigo procuraremos descrever como começou o terrorismo em 1961, no noroeste da Província. Como se reacendeu naquela área no princípio de 1963, altura em que também iniciou as suas actividades no sul, de onde, em Julho seguinte, alastrou para as florestas do Oio, ao norte do Geba. Como se estendeu à área de Farim em Janeiro de 1964, tentando depois infiltrar-se para leste e para oeste. Como penetrou no Gabu, no nordeste da Província em Agosto de 1964 e apareceu no Boé a sudeste, no final desse ano. Como procurou chegar à área dos Manjacos a oeste, em Novembro de 1964.
Do nosso lado focaremos como, quer em 1961 quer em 1963, dominámos por completo o terrorismo no noroeste da Província. Como procurámos deter as suas numerosas infiltrações nas outras áreas da Guiné, enfrentando no final de 1963 e na primeira metade de 1964, uma situação de certo modo difícil. Como começámos, assentando uma malha de ocupação militar apertada e eficiente. Como obtivemos o concurso da quase totalidade da população. Como, no final de 1964, eliminámos fulminantemente a infiltração do inimigo no sector dos Manjacos. Finalmente como, pouco a pouco, fomos dominando a situação militar nos outros sectores, obrigando o inimigo a afastar-se cada vez mais para as áreas fronteiriças».

(o Autor)


Do Índice:

- Introdução;
Cap.I - A Guiné portuguesa;
Cap.II - Os grupos políticos clandestinos da Guiné portuguesa; sua repercussão internacional;
Cap.III - O terrorismo até final de 1963;
Cap.IV - O ano decisivo de 1964;
Cap.V - A melhoria da situação militar em 1965;
- Conclusão;



Preço: 60,00€

PALOP's & Poesia - 'ANTOLOGIA TEMÁTICA DE POESIA AFRICANA - Na noite grávida de punhais' De Mário de Andrade - Lisboa 1980 - MUITO RARO




PALOP's (Angola, Cabo Verde, Guiné, Moçambique e S. Tomé e Príncipe) & Poesia - Uma obra dedicada à poesia africana de expressão portuguesa de maior envergadura e qualidade


'ANTOLOGIA TEMÁTICA DE POESIA AFRICANA
- Na noite grávida de punhais'

De Mário de Andrade
Instituto Caboverdiano do Livro
Lisboa 1980


Livro com 282 páginas e em muito bom estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.


Da contra-capa:
"A poesia africana de escrita portuguesa e crioula, sob o condicionamento da dominação colonialista, articula-se intimamente ao movimento de libertação nacional. Ela ritma o combate: negar a negação e realizar a emergência histórica dos povos. Utilizando o privilégio de serem investidos do verbo, os poetas da noite grávida de punhais, exprimiram, até às suas derradeiras consequências, os sentimentos informulados que agitavam as massas, dominaram os elementos culturais de afirmação nacional através do grito, do canto e do apelo.

Autor de vários ensaios de carácter político e literário, Mário de Andrade, actualizando as suas obras anteriores, apresenta-nos o primeiro tomo de uma antologia de poesia africana que privilegia os temas, mas considera também as particularidades geográficas e a ordem cronológica."



Do ÍNDICE (de autores):
- AGOSTINHO NETO
- AGUINALDO FONSECA
- AIRES DE ALMEIDA SANTOS
- ALDA DO ESPÍRITO SANTO
- ALEXANDRE DÁSKALOS
- ANTÓNIO JACINTO
- ANTÓNIO NUNES
- ARNALDO SANTOS
- COSTA ANDRADE
- FERNANDO GANHÃO
- FRANCISCO JOSÉ TENREIRO
- GABRIEL MARIANO
- HENRIQUE GUERRA
- JORGE BARBOSA
- JOSÉ CRAVEIRINHA
- KALUNGANO
- KAOBERDIANO DAMBARÁ
- LUANDINO VIEIRA
- MANUEL LIMA
- MANUEL LOPES
- MARCELINO DOS SANTOS
- MÁRIO ANTÓNIO
- MÁRIO FONSECA
- NOÉMIA DE SOUSA
- ONÉSIMO SILVEIRA
- OSVALDO ALCÂNTARA
- OVÍDIO MARTINS
- PEDRO CORSINO AZEVEDO
- RUI DE NORONHA
- TOMÁS JORGE
- TOMÁS MEDEIROS
- VIRIATO DA CRUZ



Preço: 45,00€;

Guerra Colonial - 'Alferes José Carlos Godinho Ferreira de Almeida - MORTO NA GUINÉ AO SERVIÇO DA PÁTRIA', de José Manuel Sérvulo Correia. - Lisboa 1961 - MUITO RARO



Guerra Colonial - Um dos primeiros oficiais mortos no Ultramar


'José Carlos Godinho Ferreira de Almeida
MORTO NA GUINÉ AO SERVIÇO DA PÁTRIA'

De José Manuel Sérvulo Correia
Edição ENP (Empresa Nacional de Publicidade)
Lisboa 1961


Livro com 18 páginas, ilustrado e em muito bom estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.



Preço: 0,00€ (Indisponível)

Portugal & Coleccionismo - Lote de 11 postais de Turismo nacional - RAROS




Portugal & Coleccionismo - Uma colecção de postais nacionais dedicados às Regiões de turismo dos anos oitenta.


Lote de 11 postais de Turismo nacional.
Em excepcional estado de conservação - Não circulados.


De muito difícil localização.
RAROS.


LOTE DE POSTAIS - TURISMO
01. - COSTA DE PRATA
02. - COSTA VERDE
03. - ALGARVE
04. - MADEIRA
05. - AÇORES
06. - COSTA E LISBOA
07. - COSTA VERDE
08. - PRIMAVERA
09. - VERÃO
10. - OUTONO
11. - INVERNO


Preço: 27,50€ (Lote completo)

Moçambique - Postal de comemorativo da inauguração do 'ESTÁDIO SALAZAR' (30 de Junho de 1968) - MUITO RARO



Moçambique - Inauguração do Estádio Salazar nos arredores da antiga cidade de Lourenço Marques


Postal de comemorativo da inauguração do 'ESTÁDIO SALAZAR' (30 de Junho de 1968).
De grandes dimensões (14,5 x 23 cm) e não circulado.
Com fotografia das equipas de futebol das selecções de Portugal e do Brasil.


Em muito bom estado de conservação.
De muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.


Preço: 27,50€;

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Angola & Literatura - 'SERIPIPI NA GAIOLA', de Ernesto Lara Filho - Luanda 1970 - MUITO RARO;





Angola & Poesia - Uma obra de grande raridade do poeta angolano mais incoformista do período pré-independência


'SERIPIPI NA GAIOLA'
De Ernesto Lara Filho
Edição autor / ABC
Luanda 1970


Livro com 32 páginas e em muito bom estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.


Da badana:
"ERNESTO LARA FILHO é, aos 37 anos de idade, um dos mais conhecidos jornalistas angolanos. Natural de Benguela, tirou o curso de Regente Agrícola em Coimbra, partiu para Moçambique em 1953, onde trabalhou. Mais tarde regressou a Angola onde ingressou no jornalismo diário, foi criado de mesa em Bruxelas, lavador de pratos em Paris, operário nas 'Imprimeries Desfossés' - onde são impressas as revistas 'PARIS-MATCH' e 'ELLE' - locutor em Rádio Brazzaville, operário especializado de 1.a classe nos Serviços de Agricultura e Florestais de Angola, trabalhando agora como redactor do 'ABC' de Luanda.

Autor de dois cadernos de poesia 'A PICADA DE MARIMBONDO' (esgotado) e 'O CANTO DE MARTRINDINDE' (retirado de circulação), Ernesto Lara Filho publica agora 'SERIPIPI NA GAIOLA' com o que pensa encerrar a sua primeira trilogia de poesia. (...)

Suas crónicas e reportagens em 'NOTÍCIA', 'ABC - Diário de Angola', 'O COMÉRCIO', 'DIÁRIO DE LUANDA' etc, foram lidas e seguidas durante muitos anos por um público fiel, que tem agora a oportunidade de ler o 'SERIPIPI' da crónica angolana no seu terceiro e último caderno de poesia."



DO ÍNDICE:

Dedicatória
NOTA
Ernesto Lara Filho

- SERIPIPI DE BENGUELA
Para o Paulo de Luanda
(Públicado no 'ABC' - Luanda, 1961)
- O CANTO DA LIBERDADE
Para o Gomes Huíla
(Paris, Agosto de 1962)
- POEMA DA PRAIA MORENA
(Huambo, Junho de 1965, publicado na edição especial do jornal 'PLANALTO', de 21/09/65)
- POEMA DE SÁBADO
Para a Cesaltina ler
(Publicado na 'TRIBUNA DOS MUSSEQUES' - 'ABC' de 15/02/1968)
- CAMINHOS DE MUSSEQUES
(Luanda, Julho de 1963)
- SINCERIDADE
(Benguela, 1952)
- POEMA DA MANHÃ
(Publicado na 'ANTOLOGIA DE POETAS ANGOLANOS' da C.E.I. - Lisboa, 1959)
- RESPOSTA
Para a Maria do Céu
(Lisboa, Abril de 1952)
- TERNURA
Para minha mãe
(Roçadas, Junto de 1968)
- NA NOITE DOS CAZUMBIS
(Roçadas, Maio de 1967)
- HUMORISMO
(Sá da Bandeira, Outubro de 1967)
- VISÕES
Para Alda Lara
(Roçadas, Maio de 1967)



Preço: 0,00€; (Indisponível)

Angola & Imprensa - 'BOLETIM do Caminho de Ferro de Benguela', n. 6, de Junho de 1975 - Benguela - MUITO RARO;





Angola & Imprensa - Uma revista destinada á divulgação das actividades do Caminho de Ferro de Benguela


'BOLETIM do Caminho de Ferro de Benguela', n. 6, de Junho de 1975.
Inclui separata especial sobre o 'ACORDO DE NAKURU'.
Edição do CFB
Benguela
Angola 1975


Revista com 62 páginas, muito ilustrada e em muito bom estado de conservação. Excelente.
De muito, muito difícil localização.
MUITO RARO.


Um raro exemplar do CFB, editado no ano da descolonização, escassos meses antes da independência de Angola, que se verificou a 11 de Novembro de 1975. Inclui uma separata especial, com texto integral do 'ACORDO DE NAKURU', assinado no Quénia, sob os auspícios do então Presidente Jomo Keniatta, entre os três movimentos de libertação de Angola (FNLA, MPLA e UNITA) e a presença dos respectivos líderes, Holden Roberto, Agostinho Neto e Jonas Savimbi.

Um documento histórico deste período da história de Angola.



DO SUMÁRIO:

- A abrir
- Prémio de Produtividade
- Curso de formação de escriturários
- Relatório e Contas da Companhia respeitantes a 1974
- Ainda o 'DIA DO CFB'
- Tráfego do CFB em Abril de 1975
- Movimento do Porto do Lobito em Abril de 1975
- O DIREITO - Ontem e Hoje - pelo Dr. Manuel Mansilha
- Informação da CPP
- Escultura em Africa - Frontalidade - pelo Dr. Canhão Bernardes
- Talvez lhe interesse saber que
- Antologia - Estrela pequenina - de Mauricio Gomes
- Presença divina - de Duverlina Santos
- As Mais lindas lavras - conto de Mário Guerra
- Menções honrosas dos jogos florais - Quadras
- Carta de Lisboa - de Fernando E. Gonçalves
- Carta desta hora - de Araújo Rodeigues
- Cruzeiro ao Oriente - 5 - por J. Martins Lopes
- Prevenção de acidentes - por Manuel Cunha
- Basquetebol - por João Reveles
- Palavras cruzadas
- Cantinho feminino
- Vida dos nossos clubes
- Página do pessoal



Preço: 32,50€;

sábado, 24 de junho de 2017

Ultramar - 'A AVIAÇÃO MILITAR EM ANGOLA (1918-1926)', de Carlos Machado dos Santos - Luanda 1970 - MUITO RARO



Ultramar - A história dos primeiros aviadores e pioneiros da aviação militar em Angola


'A AVIAÇÃO MILITAR EM ANGOLA (1918-1926)'
De Carlos Machado dos Santos (Tenente-coronel piloto aviador)
Edição do autor (?)
Luanda 1970


Livro com 112 páginas e muito ilustrado. em muito bom estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.


Do ÍNDICE:
- PREFÁCIO
- Nota do autor

- Esquadrilha expedicionária do Lubango
- Serviços de Aviação de Angola
- Primeiros voos do Grupo de Esquadrilhas
- 'Circuito ao Sudoeste de Angola' ou o 'Raid dos Três Distritos'
- Carreiras Aéreas regulares em Angola
- 'Raid Huambo - Humbe'
- Extinção do Serviço de Aviação de Angola
- 'Circuito ao Norte de Angola'
- Morte do entusiasta defensor da Aviação Militar em Angola
- Extinção definitiva dos Serviços de Aviação de Angola
- Conclusão

- DOCUMENTOS



Preço: 90,00€;

Caça & Ultramar - 'HUNTING IN MOZAMBIQUE' (Porto 1952) - MUITO RARO




Caça & Ultramar - As potencialidades da fauna africana de Moçambique


'HUNTING IN MOZAMBIQUE'
Edição Mozambique Hunting Committee
Porto 1952


Livro com 72 páginas, ilustrado e em muito bom estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.


Preço: 0,00€ (Indisponível)

Guerra Colonial - 'AS IMPRESSIONANTES VERDADES DO CAPITÃO FIÚZA', de Matias Fiúza Alves da Costa - Lisboa 1987 - MUITO RARO



Guerra Colonial (Angola & Moçambique) - As vivências de um capitão do quadro permanente, na guerra colonial, no 25 de Abril de 1974 e na descolonização


'AS IMPRESSIONANTES VERDADES DO CAPITÃO FIÚZA'
De Matias Fiúza Alves da Costa
Edição da Agência Portuguesa de Revistas
Lisboa 1987


Livro com 192 páginas, muito ilustrado e em bom estado de conservação.
Exemplar valorizado pela dedicatória e assinatura do autor, de grande raridade.
De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.


Da contra-capa:
"Este livro não é uma autobiografia; os poucos dados biográficos que contém não são apenas os indispensáveis à compreensão de como se criava o carácter e o profundo amor pátrio dos oficiais das Forças Armadas, que, muito embora amando a PAZ, souberam e bem lutar no Nosso Ultramar, numa guerra subversiva, que nos foi imposta e que durou 14 anos - caso único no mundo - e depois não puderam nunca concordar com o 'atl 25 de Abril', nem tão pouco sequer compreender muito do que se lhe seguiu, em que houve destruição, traição e miséria e também como ainda hoje possa haver traidores e desertores a ocuparem cargos públicos, como deputados, etc. e até alguns possam parte dos Quadros Superiores de certos Partidos Políticos, que parece pouco se preocuparem com os prejuízos que esse facto lhes acarreta."


Do ÍNDICE:
- PÓRTICO
- DEDICATÓRIA
- CONCEITOS DE VIDA
- CONDECORAÇÕES DO AUTOR
- PALAVRAS DE ALGUNS DOS SEUS CHEFES
- PALAVRAS DE ALGUNS DOS SEUS COLABORADORES

Capítulo I
A MOCIDADE
- Infância, escola e liceus
- Eça de Queiroz
- Sócrates e Platão
- Sófloces
- Boétie
- Universidades

Capítulo II
NO EXÉRCITO
- Oficial miliciano
- Oficial do Quadro Permanente

Capítulo III
O CAPITÃO FIÚZA
- Índia Portuguesa
- Novamente Moçambique

Capítulo IV
A GUERRA
- As primeiras experiências
- Fernando Aguiar - Um bravo
- Capitão Rodolfo Begonha
- Um ataque à pedrada
- Novo oferecimento
- Como víamos os nossos soldados
- Homenagem aos atiradores
- Vi-te chorar
- Capitão rui Reis - Um valente oficial
- Nesse dia
- Aquela segunda-feira de Páscoa
- Farta colheita
- Quando elas estalam como castanhas
- Aconteceu numa operação
- Um comandante terrorista
- Foi assim
- Aldeia Gombe
- Os 'Grupos Especiais'
- Um democrata
- De como procurávamos melhorar os capitães
- Capelães militares
- RTP - Uma carinhosa 'Madrinha de Guerra'
- 1.º aniversário do BART. 2900
- O BART. 2900 acabou ?
- Uma carta de uma mãe portuguesa
- Missão africana de Portugal
- Um traidor

Capítulo V
O '25 DE ABRIL'
- O tal 25 de Abril
- Os saneamentos militares
- A descolonização
- Os comunistas

Capítulo VI
ALGUMAS ACHEGAS PARA O DESENVOLVIMENTO DO NOSSO PORTUGAL
- O exemplo do Japão
- O exemplo da Suiça



Preço: 42,50€;

Ultramar & Cultura - 'LINDAS HISTÓRIAS DA GUINÉ', de Celestino Monteiro de Macedo - Lisboa 1983 - MUITO RARO



Ultramar & Cultura - Histórias populares recolhidas nas terras da Guiné pelo autor ao longo dos anos


'LINDAS HISTÓRIAS DA GUINÉ'
De Celestino Monteiro de Macedo
Edição de autor
Lisboa 1983


Livro com 60 páginas e em muito bom estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.


Da capa:
"Com os tambores
Dia e noite faremos o coro
E chamaremos os nossos avós

Os nossos filhos também cantarão
Com o fogo do coração
As lindas histórias da África

Os corações serão livres
E voarão para os recantos do mundo
Aclamando
Amor
Amor
Amor"



Do ÍNDICE:
- INTRODUÇÃO
- OS DJUMBAIDURES
- A PESCARIA
- OS DOIS ÓRFÃOS
- A PEDRA QUE TEM BARBAS
- A TRAIÇÃO
- POSFÁCIO



Preço: 37,50€;