quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Descolonização & Guerra Civil - 'ANGOLA, GIRÓN AFRICANO', de Fidel Castro - Havana 1976 - MUITO RARO;




Descolonização & Guerra Civil - O reconhecimento público do envio do corpo expedicionário cubano para Angola em auxílio do MPLA na guerra civil que opunha à FNLA e UNITA


'ANGOLA, GIRÓN AFRICANO'
De Fidel Castro
Editorial de Ciencias Sociales
Havana 1976


Livro com 32 páginas, ilustrado e em muito bom estado de conservação. Excelente.
De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.


"Discurso do Comandante em Chefe Fidel Castro no ato central por ocasião do XV Aniversário da Vitória de Praia Girón, Havana, 19 de Abril de 1976, 'ANO DO XX ANIVERSÁRIO DO GRANMA'."


Um documento histórico em que o líder da revolução cubana, a propósito do aniversário dos acontecimentos da Praia Girón, fez a analogia com a invasão de Angola para auxiliar as tropas das FAPLA/MPLA na guerra civil iniciada em pleno processo de descolonização nos primeiros meses de 1975, contra os guerrilheiros da FNLA e da UNITA, com um contigente de soldados que terá atingido mais de 50,000 homens, tanques de guerra, blindados e aviões de combate, tudo transportado em aviões cubanos e navios originários de vários países do Leste europeu.


Trechos das referências a Angola:
"
"

"
"



Preço: 75,00€;

domingo, 24 de fevereiro de 2019

África - Angola & Poesia - 'LA POÉSIE AFRICAINE D'EXPRESSION PORTUGAISE', par Mário de Andrade - Paris 1969 - MUITO RARO;





Angola, Cabo Verde, Guiné, Moçambique e S. Tomé e Principe & Poesia - Uma das mais importantes antologias da poesia africana de expressão portuguesa, da autoria do 1. Presidente do MPLA, a que sucedeu Agostinho Neto


'LA POÉSIE AFRICAINE D'EXPRESSION PORTUGAISE'
Par Mário de Andrade
Pierre Jean Oswald Éditeur
Paris 1969


Livro com 152 páginas e em muito bom estado de conservação. Excelente.
De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.



TABLE:

Mário de Andrade
LA POÉSIE AFRICAINE D'ESPRESSION PORTUGAISE:
Évolution et tendances actuelles.

CAP-VERT
Osvaldo ALCÂNTARA
- Maman
- Ressac
Jorge BARBOSA
-
-
Pedro CORSINO AZEVEDO
-
Aguinaldo FONSECA
-
Mário FONSECA
-
Gabriel MARIANO
-
-
Ovídio MARTINS
-
-
-
António NUNES
-
Onesimo SILVEIRA
-

SAN THOME
Costa ALEGRE
-
Alda do ESPÍRITO SANTO
-
-
-
Tomaz MEDEIROS
-
Francisco-José TENREIRO
-
-
-
-

ANGOLA
Geraldo BESSA VICTOR
-
-
Fernando COSTA ANDRADE
-
Viriato DA CRUZ
-
-
Mário António FERNANDES DE OLIVEIRA
-
-
António JACINTO
-
-
Agostinho NETO
-
-
-
-

MOZAMBIQUE
José CRAVEIRINHA
-
-
-
KALUNGANO
-
-
-
Rui DE NORONHA
-
Jorge REBELO
-
Noémia DE SOUSA
-
-
-

POESIE ET GUERILLA
Chants des Maquis de Guinée-Bissao
- Aux portugais
-



Preço: 90,00€;

Portugal & Presença Romana - 'RUÍNAS DE CONIMBRIGA', de AAVV - Lisboa 1989 - RARO;




Portugal & Presença Romana - Uma monografia deste excepcional conjunto monumental e artístico da presença romana no país


'RUÍNAS DE CONIMBRIGA'
De A. Moutinho Alarcão, Franćoise Mayet e Jeannette S. Nolen
Edição do Instituto Português do Património Cultural
Departamento de Arqueologia
Lisboa 1989


Livro com 84 páginas, muito ilustrado e em muito bom estado de conservação.
Edição em três línguas: português, francês e inglês.
De muito difícil localização.
RARO.


Do ÍNDICE:

PREFÁCIO
De A. Moutinho Alarcão

- AS RUÍNAS
- A estrada e as muralhas
- O sector sul da estrada
- O Templo cristão
- A casa atribuída a Cantaber
- O Fórum augustiano
- O Fórum flaviano
- As insulae
- As termas augustianas
- As termas trajânicas
- O sector junto do aqueduto
- A casa dos repuxos
- No caminho do anfiteatro
- O aqueduto

- A DESCOBERTA DE CONIMBRIGA

- GLOSSÁRIO

- BIBLIOGRAFIA

INFORMAÇÕES
- Horários
- Balcão de vendas
- Restaurante
- Fotografia
- Apoio às escolas
- Localização e vias de acesso


Preço: 42,50€;

Portugal & VISEU - Lote de 2 Programas da FEIRA DE S. MATEUS - 1976 / 1980 - MUITO RARO;




Portugal & VISEU - Duas publicações históricas da Feira de S. Mateus, de grande raridade


Lote de 2 Programas da FEIRA DE S. MATEUS - 1976 / 1980;
PUBLICAÇÕES HISTÓRICAS DE GRANDE RARIDADE

1. - 'FEIRA DE S. MATEUS - 1976'
VISEU - 1 de Setembro a 3 de Outubro
Publicação com 92 páginas, com o programa do evento completo.
Insere inúmera publicidade da época dos diversos patrocinadores.

Do ÍNDICE:
- PROGRAMA OFICIAL DA FEIRA DE SÃO MATEUS
- 1976; - UNIDADE - Núcleo de Dinamização de Actividades Desportivas do C.A.F.;
- Tentativa de uma definição de Casa de Cultura (FAOJ);
- CINEMA DE AMADORES (A. E. Ribeiro de Carvalho);


2. - 'FEIRA DE S. MATEUS - 1980'
VISEU - 29-9 a 28-9
PROGRAMA
Publicação com 160 páginas, o programa completo do evento e muita informação alusiva e interessante.

Do ÍNDICE:
- Saudação;
- Viseu, cidade antiga, voltava para o futuro (Álvaro de Meneses);
- PROVISEU; - ARTESANATO URBANO EM VISEU (Alberto Correia);
- JOGOS FLORAIS da Feira de São Mateus (1979);
- CONCURSO CAMONEANO (Feira de S. Mateus - 1980);
- Viseu, a noite é a história (Álvaro de Meneses);
- COMÉRCIO VISEENSE - Importante factor de progresso da cidade (Reinaldo Cardoso Correia de Almeida);
- A Floresta e a Região (Manuel Duarte);
- VINHOS DO DÃO (A. Ferreira de Almeida);
- ARTESANATO;
- Ruas da minha Cidade (Ricardo Sandro);
- VISEU, CIDADE VELHA CIDADE NOVA (Arquitecto Veloso Faustino);
- A Arte e a Cultura ao alcance do povo (R.C.);
- PROGRAMA OFICIAL DA FEIRA DE S. MATEUS;
- A FEIRA FRANÇA DE VISEU - Breve história (Alberto Correia);
- VISEU, CIDADE DE HISTÓRIA E DE ARTE (Alexandre Alves);
- A INDÚSTRIA - Generalidades de uma actividade regional a desenvolver (Luís Manuel Gonçalves de Paiva);
- A ARTE (José Pedro Lima);
- DESPORTO - Academistas e Benfiquistas deitam foguetes (Rodrigues Bispo);
- 1. Congresso Nacional de Radioamadorismo (Adelino S. Francisco);
- Viseu e a Feira de S. Mateus (R.C.);
- Museus de Viseu;
- Hotéis, Residenciais, Pensões, Casas de Repouso;
- Restaurantes, Snack-Bars, Pastelarias;


De muito, muito difícil localização.
MUITO RARO.


Preço: 60,00€; (Lote completo)

História - 'A ARTE DOS ROMANOS', de J. M. C. Torynbee - Lisboa 1972 - Muito raro;




História - Estudo aprofundado da excepcional arte romana ao longos dos séculos e dos inúmeros países sob a sua ocupação


'A ARTE DOS ROMANOS'
De J. M. C. Torynbee
Editorial VERBO
Lisboa 1972


Livro com 270 páginas, muito ilustrado (mais de 90 imagens) e em muito bom estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
Muito raro.



Do ÍNDICE:

- Gravuras
- PREFÁCIO
Capítulo I
- INTRODUÇÃO
A Arte no mundo romano desde o século VI até ao fim do século II A. C.
Capítulo II
- ESCULTURA RETRATISTA EM ESTATUÁRIA E ALTO-RELEVO
Capítulo III
- ESTATUTÁRIA NÃO RETRATISTA
Capitulo IV
- RELEVOS HISTÓRICOS DE PEDRA E MÁRMORE
Capítulo V
- RELEVOS DIVERSOS DE PEDRA E DE MÁRMORE
Relevos pictóricos
Relevos religiosos figurado em altares, placas votivas e templos
Capitéis e colunas figuradas
Relevos com motivos florais
Capítulo VI
- RELEVOS FUNERÁRIOS
Pedras tumulares
Mausoléus
Altares e vasos cineràrios
Sarcófagos
Capítulo VII
- PINTURAS MURAIS E DE TECTO
Capítulo VIII
- PINTURA RETRATISTA E PINTURA NAS ARTES MENORES
Pintura retratista
Manuscritos ilustrados
Pintura em vidro (não retratista)
Cerâmica pintada
Armaduras pintadas
Capítulo IX
- MOSAICOS
Mosaicos de pavimento
Mosaicos de parede e de abóbada
Capítulo X
- EPÍLOGO
Lista sumária das artes menores
(com excepção das que pertencem à pintura)

- Notas ao texto
- Bibliografia seleccionada
- Fotografias
- Notas às fotografias
- Índice ideográfico



Preço: 27,50€;

História & Romanos - 'NO TEMPO DOS ROMANOS', de Jane Chisholm - Lisboa 1982 - Raro;



História & Romanos - Uma excepcional obra sobre a civilização romana, com rigor científico


'NO TEMPO DOS ROMANOS'
De Jane Chisholm
Ilustrações de Rob McCaig
RESOMNIA Editores
Lisboa 1982


Livro de capas duras, com 26 página, muito ilustrado e em muito bom estado de conservação. Como novo. Excelente.
De muito difícil localização.
Raro.


Do ÍNDICE:
- Julius e a sua cidade
- A rua onde Julius vive
- A hora de acordar
- A caminho da escola
- Os banhos públicos
- À noite
- Uma ida às compras
- O casamento de Júlia
- Um feriado
- Mudança de casa
- Partida para férias
- Férias no campo


Preço: 25,00€;

domingo, 17 de fevereiro de 2019

Moçambique - Guerra Colonial & Independência - 'SAMORA - HOMEM DO POVO' - AAVV e António Sopa - Maputo 2001 - MUITO RARO;





Moçambique - Guerra Colonial & Independência - Uma completa biografia de Samora Machel, retratado pelos seus amigos e mais fiéis colaboradores na FRELIMO


'SAMORA - HOMEM DO POVO'
AAVV - António Sopa (Editor científico)
MAGUEZO Editores
Maputo 2001


Livro com 191 páginas, muito ilustrado (uma centena de fotografias) e em excelente estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO RARO.


Da contra-capa:
"Eu, os meus filhos, alguns amigos julgamos ser tempo de, serenamente, ofertarmos Samora:
* Aos que não o conheceram;
* Aos que dele pouco se lembram;
* Aos que vivamente se lembram dele.
Quer porque o acarinham, quer porque o odeiam.
É tempo de aceitarmos que ele é indissoluvelmente parte de nós, porque é nossa história.
É tempo de o desmitificarmos, olharmo-lo de frente.
Reconhecermos as suas virtudes, os seus defeitos. Na sua verdadeira dimensão humana.
Sim, temos de retê-lo connosco com serenidade.
Sim, na história de libertação de Moçambique, na história de libertação da África, em particular da África Austral.
Samora é incontestável.
Não temos senão que preservá-lo.

Graça Machel"



DO ÍNDICE:

NOTA DO EDITOR
É TEMPO DE OLHARMOS PARA TRÁS - Graça Machel;
SAMORA MACHEL: UM RELÂMPAGO NO CÉU - Fernando Ganhão;
SAMORA MOISÉS MACHEL: OS NOS DE FORMAÇÃO (1933/1963) - Gerhard Liesegang;
O PODER ENTRE A UTOPIA E A REALIDADE - Luís de Brito;
SAMORA MACHEL E O DESENVOLVIMENTO DE MOÇAMBIQUE - Yussuf Adam;
SAMORA E DESENVOLVIMENTO - José Negrão;
SAMORA E O MUNDO - Óscar Monteiro;
SAMORA MACHEL E A EDUCAÇÃO - Miguel Buendia;
SAMORA NA LUTA ARMADA (1965/1968) - Hélder Martins;
REPENSANDO AS RELAÇÕES ENTRE MULHER E HOMEM NO TEMPO DE SAMORA - Isabel Maria Casimiro;
O HOMEM NOVO (Breve itinerário de um projecto) - José Luís Cabaço;
SAMORA E AS CONFISSÕES RELIGIOSAS: UM DIÁLOGO INACABADO - Alexandrino José;
SAMORA MACHEL: HOMEM DO POVO - Alpheus Manghezi;
OS ÚLTIMOS DIAS DE SAMORA - Marcelo Mosse;
A SOLIDÃO DO PRESIDENTE - Carlos Cardoso;


Preocupa: 52,50€;

Angola & Colonialismo - 'GUERRAS ANGOLANAS - A nossa acção nos Dembos', de David Magno - Porto 1934 - MUITO RARO;




Angola & Colonialismo - A resistência angolana e a ocupação portuguesa, do século XVII ao XX


'GUERRAS ANGOLANAS - A nossa acção nos Dembos'
De David Magno
Edição Companhia Portuguesa Editora, L.da
Porto 1934


Edição fac-símile. Com 108 páginas, ilustrado e em muito bom estado de conservação.
De muito difícil localização.
MUITO RARO.



"A NOSSA ACÇÃO NOS DEMBOS
Monografia de rigor histórico.
Capítulo dos mais interessantes e definidores da resistência nativa ao nosso esforço colonizador.
O Forte de Cáculo Cáenda traço de união entre João de Almeida e Ribeiro de Almeida.
Epílogo da submissão de Angola.
1615 - 1919."




DO ÍNDICE:

PREÂMBULO (Lamego 1934)

Capítulo I
ORIGENS E GUERRAS ANTIGAS
Origem dos sobas-dembos
O Kaculo-Ka-Kahenda, 1. dembo, 1615
1.a - Campanha, Manuel Cerveira Pereira
2.a - António Teixeira de Mendonça
3.a - João Guterres de Morais
4.a - André Vidal de Negreiros, 1665
5.a - Pascoal Rodrigues, 1692
6.a - Estabelecimento do Porto de Sassa, 1793

Capítulo II
GUERRA DE 1872
7.a - Nunes da Mata e Gomes de Almeida, 1872
Auto de paz ditada pelo Caculo Cáenda

Capítulo III
OPERAÇÕES DE JOÃO DE ALMEIDA (1907)
8.a - João de Almeida - Operação de 1907
9.a - 'Raid' contra o Cazuango, 1908
10.a - 'Raid' do Zenza, 1909

Capítulo IV
CAMPANHAS E TRABALHOS DE DAVID MAGNO (1909-1913)
11.a - David Magno ocupa a capital dos Dembos
A superioridade do Caculo Cáenda
12.a - Coluna de socorro ao forte, 1913
Acção de David Magno em Quingola
Opinião do chefe da Missão dos Dembos

Capítulo V
O cáos dos Dembos
A ideia da coluna Ligeira

Capítulo VI
13.a - Operações - A acção do capitão Ribeiro de Almeida
14.a - Operações

Capítulo VII
15.a - Operações - Triunfo da Coluna-Raio do capitão Ribeiro de Almeida

Submissão final




Preço: 47,50;

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Angola & Colonialismo - 'JINGA - Rainha da Matamba (1583-1663)', de J. M. Cerqueira D'Azevedo (Braga 1949) - Muito raro;




Angola - A rainha que ofereceu resistência à penetração portuguesa e à escravidão


'JINGA - Rainha da Matamba (1583-1663)'
De J. M. Cerqueira S'Azevedo
Edição do autor
Braga 1949


Livro com 324 páginas e em muito bom estdo de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.


«Dona Ana de Sousa ou Ngola Ana Nzinga Mbande ou Rainha Ginga [...] foi uma rainha (“Ngola”) dos reinos do Ndongo e de Matamba, no Sudoeste de África, no século XVII. O seu título real na língua quimbundo – “Ngola” –, foi o nome utilizado pelos portugueses para denominar aquela região (Angola).
Nzinga viveu durante um período em que o tráfico de escravos africanos e a consolidação do poder dos portugueses na região estavam a crescer rapidamente. Era filha de Nzinga a Mbande Ngola Kiluanje e de Guenguela Cakombe, e irmã do Ngola Ngoli Bbondi (o régulo de Matamba), que tendo-se revoltado contra o domínio português em 1618, foi derrotado pelas forças sob o comando de Luís Mendes de Vasconcelos. O seu nome surge nos registos históricos três anos mais tarde, como uma enviada de seu irmão, numa conferência de paz com o governador português de Luanda. Após anos de incursões portuguesas para capturar escravos, e entre batalhas intermitentes, Nzinga negociou um tratado de termos iguais, converteu-se ao cristianismo para fortalecer o tratado e adoptou o nome português de Dona Ana de Sousa. [...]»
(Eileen Morais Salvação Barreto, in AEPPEA [fonte electrónica])


Preço: 0,00€ (indisponivel)

Angola & MPLA - 'ISABEL DOS SANTOS - Segredos e poder do dinheiro', de Filipe S. Fernandes - Lisboa 2015 - Raro;




Angola & MPLA - Um pormenorizado retrato e análise dos negócios, fortuna e compadrio da família do ex-Presidente da República José Eduardo dos Santos e filhos, e líder do partido estado que governa desde 1975 o país


'ISABEL DOS SANTOS - Segredos e poder do dinheiro'
De Filipe S. Fernandes
Edição Casa das Letras
Lisboa 2015


Livro com 190 páginas, ilustrado e em muito bom estado de conservação. Como novo. Excelente.
De difícil localização.
Raro.


Da contracapa:
"A MULHER MAIS RICA E PODEROSA DE PORTUGAL É A ANGOLANA ISABEL DOS SANTOS
Segundo a revista 'FORBES', é a primeira bilionária africana, com uma fortuna avaliada em 3,7 mil milhões de dólares.
Contudo, pouco se sabe sobre a sua vida e o seu império.

- Será Isabel dos Santos testa de ferro nos negócios do pai, José Eduardo dos Santos?
- Será ela um novo modelo de empresária africana, que prefere os negócios à política?
- Terá sido favorecida por ser filha do Presidente da República de Angola desde 1979?
- Será que a sua formação anglo-saxónica lhe deu competências que poucos angolanos têm?
- Será que Isabel pode gostar de diamantes, champanhe, de festas em lugares paradisíacos e ser simultaneamente discreta?
- Quando e como fez Isabel dos Santos o seu primeiro milhão? Nos diamantes?
- Na concessão da rede de telemóveis, através da qual a UNITEL tem gerado milhões e milhões?
- Por que é que Isabel dos Santos é o símbolo do empresariado angolano e africano e, ao mesmo tempo, um exemplo da plutocracia e da extracção de recursos com escasso proveito para o povo angolano?
- Como é que Isabel dos Santos gere o seu império empresarial que tem empresas em Angola, Portugal, Suíça e Cabo Verde?
- Por que razão é o membro do clã Santos com mais negócios e dinheiro?
- O poder de Isabel dos Santos em Portugal é temível ou é parte do futuro? "



Da badana:
"Quem é a filha mais velha do Presidente da República Popular de Angola, José Eduardo dos Santos? Por que razão se tem destacado no mundo dos negócios, sendo, segundo a revista norte-americana 'FORBES', a primeira bilionária africana com uma fortuna avaliada em 3,7 mil milhões de dólares?

Isabel dos Santos nasceu a 20 de Abril de 1973, em Baku, no Azerbeijão. Estudou em Londres, acompanhada pela mãe, Tatiana Kukanova, onde se licenciou em Engenharia, no King's College. Iniciou-se cedo nos negócios, em Luanda, onde, em 2000, obtém, juntamente com a Sonangol e o general Dino, entre outros, a concessão de uma rede de telecomunicações móveis, que viria a ser a Unitel, uma das principais empresas angolanas. Pelo meio ficaram alegadas ligações a empresas da área dos diamantes como a Ascorp. A partir de então o poder do seu dinheiro, cuja origem é polêmica, não parou de crescer. Hoje é a principal acionista do Banco BIC em Angola e Portugal; associada à Sonangol, detém 45% da Amorim Energia que controla a Galp Energia; é a representante da Unitel, que tem 49%, no Banco de Fomento de Angola; é acionista do BPI com 18,6%; domina a empresa de diamanted De Grisogono na Suíça; é, aliada à SONAE, controla a NOS.

Isabel dos Santos é uma mulher muito rica num país, Angola, em que, apesar do conjunto de recursos naturais, existe muita pobreza. Este contraste é provavelmente injusto mas tem explicação. Será o império de Isabel dos Santos resultado de um capitalismo de compadrio, como alguns especialistas denominam o sistema angolano; do clima de paz que se vive em Angola desde 2002 depois de mais de 40 anos de conflitos bélicos; ou do trabalho de uma negociadora implacável e arguta? Ou do conjunto destes três factores?"




Do ÍNDICE:

ABERTURA
I. - A paz ainda é uma exceção na história de Angola
II. - Os vários papéis de Isabel dos Santos
- Isabel dos Santos como testa de ferro
- Isabel, a empresária
- Isabel, a favorecida
- Isabel, a filhinha do papá
- Isabel longe da política
- Isabel, o empreendedorismo contra a desigualdade
- Isabel e a mãe
- Isabel, uma vida banal
- Isabel no 'star system'
- Isabel angolana


I
ENTRE LUANDA E LONDRES, O PAI E A MÃE
- O Pai
- A Mãe

II
OS PRIMEIROS NEGÓCIOS DE MÃO DADA COM A PLUTOCRACIA ANGOLANA

III
OS DIAMANTES E A GUERRA CIVIL

IV
ANGOLA COMO PETRO-ESTADO
- A emergência da agricultura e dos serviços

V
O CASAMENTO DE SONHO

VI
DE BRAÇO DADO COM AMÉRICO AMORIM EM ANGOLA E PORTUGAL

VII
PELA MÃO DA SONANGOL

VIII
AS GUERRAS MEDIÁTICAS DE 2007

IX
A GUERRA NA GALP ENERGIA

X
A FAMÍLIA SANTOS

XI
PT COM HELIOS E ISABEL DOS SANTOS COM NOS
- A guerra com a PT começa em 2007

XII
O REGRESSO AOS DIAMANTES - A JÓIA SUÍÇA - OUTRAS PAIXÕES

XIII
A DONA DISTO TUDO - A PROVÍNCIA PORTUGUESA DO IMPÉRIO ANGOLANO

XIV
AS ALIANÇAS ESTRATÉGICAS
- Os padrinhos e os braços direitos

XV
A DESCOBERTA DO BRASIL PELAS TELECOMUNICAÇÕES


AS EMPRESAS
- Angola
- Portugal
- Suíça

Notas



Preço: 37,50€;