terça-feira, 30 de outubro de 2018

Title: Pays & Peuples d'Angola















Title: Pays & Peuples d’Angola
Photographer(s): T.H. Delachaux and Ch.-E. Thiebaud

Writer(s): T.H. Delachaux and Ch.-E. Thiebaud (most likely)
Publisher: Editions Victor Attinger, Neuchatel/Paris 1934
Pages: 148 pages text and 80 heliogravures
Language: French

Country: Angola

















África & Politica internacional - 'ANGOLA - POTÊNCIA REGIONAL EM EMERGÊNCIA', de Eugénio da Costa Almeida - Lisboa 2011;




África & Politica internacional - Um estudo inédito sobre o crescimento económico, político, militar e diplomático de Angola, após a sua independência em 11 de Novembro de 1975 é uma prolongada guerra civil internacionalizada com a ajuda vital senão única, da exploração maciça do petróleo


'ANGOLA - POTÊNCIA REGIONAL EM EMERGÊNCIA'
De Eugénio da Costa Almeida
Edições Colibri
Lisboa 2011


Da contracapa:
"Baseado na dissertação 'A UNIÃO AFRICANA E A EMERGÊNCIA DE ESTADOS-DIRECTORES EM ÁFRICA: O CASO DE ANGOLA', elaborada para o seu Doutoramento em Ciências Sociais, ramo de Relações Internacionais, Eugénio Costa Almeida procura, ao longo do presente ensaio, apresentar uma perspectiva sobre como será possível relacionar a existência de potências regionais em África com as linhas programáticas que norteiam a actual União Africana, enfatizando a potência emergente: Angola.

No ensaio são abordados, entre outros, o contributo dos movimentos de negritude norte-americanos para a emergência das acções pan-africanistas, a problemática histórica da independência angolana é tudo o que condicionou os anos seguintes até à paz, em 2002, sem esquecer todos os condicionalismos externos que ajudaram a moldar a história angolana, e, finalmente, desta até ao estágio actual de potência regional emergente aliado às relações de Angola com o continente africano e com os seus principais parceiros estratégicos nas regiões onde se insere como uma emergente potência regional e, simultaneamente, uma potência com tendências para ser um 'instrumentality power' em certas regiões."


O AUTOR:
"EUGÉNIO COSTA ALMEIDA, licenciado e mestre em Relações internacionais, é Doutorado em Ciências sociais, investigador, analista político e colunista em vários portais e jornais, nomeadamente angolanos, é autor dos livros 'ÁFRICA; TRAJECTOS POLÍTICOS, RELIGIOSOS E CULTURAIS' e 'FUNDAMENTALISMO ISLÂMICO, A IDEOLOGIA E O ESTADO', bem como de prefácios em dois ensaios e de poesias numa antologia poética e numa obra sobre Angola. É igualmente, autor do blogue PULULU."



Do ÍNDICE:

Nota prévia
Agradecimentos
PREFÁCIO - Professor Mário Pinto de Andrade
Siglas e acrónimos utilizados

INTRODUÇÃO
Porquê do tema
O objectivo primordial do tema
Enquadramento do problema
Delimitação do objecto
Método e questões metodológicas

I. DA NEGRITUDE NORTE-AMERICANA ÀS INDEPENDÊNCIAS AFRICANAS
DA PRÉ-HISTÓRIA DO ASSOCIATIVISMO POLÍTICO AFRICANO ÀS INDEPENDÊNCIAS COLONIAIS
- Os movimentos afro-americanos pré-independentistas
- A emergência dos movimentos pan-africanistas africanos
Do pan-africanismo às independências africanas
- As independências africanas e a OUA
O fim da Europa colonial
A 3.a Comissão da ONU
A descolonização e o seu efeito no espaço geopolítico mundial
Os novos actores no concerto das nações
- Angola, da crise da independência à suseranização regional
A independência angolana e a emergência das duas repúblicas
Do alvor à dipanda
- O perfeito palco africano no complexo jogo e xadrez das duas superpotências em África
- República da África do Sul, a potência regional da África Austral
Da União sul-africana à República da África do Sul
Das convulsões internas na África do Sul à SADC
- Angola entre as duas repúblicas

II. ANGOLA, DE COLÓNIA A POTÊNCIA REGIONAL EMERGENTE?
ANGOLA E AS CRISES PÓS-INDEPENDÊNCIA
- A independência angolana e a emergência das duas repúblicas
As duas repúblicas
-- República Popular de Angola
-- República Democrática de Angola (no Huambo)
- Angola o 'perfeito bispo' do jogo global
- África do Sul a potência meridional africana na questão angolana
Angola e a luta anti-apartheid
-- A queda do Apartheid na África do Sul
O regime de Luanda é questionado internamente
-- O 27 de Maio de 1977
-- A força do Poder
-- Acordos de Lusaka, de Fevereiro e Junho de 1984
-- Conferência quadripartida de New York

III. DA II REPÚBLICA A POTÊNCIA REGIONAL?
ANGOLA NO CAMINHO PARA POTÊNCIA REGIONAL?
- O que é uma potência regional?
- De Lusaka a Luena
Acontecimentos ocorridos entre 1991 (Bicesse) e 1997 (GURN)
De um quase desfalecido GURN à sombra protectora de Angola
-- Economia muda de rumo
-- Breve resenha sobre o petróleo é o Enclave de Cabinda
-- A nova economia angolana
-- A China no contexto africano e a importância de Angola
-- O poder castrense angolano e o seu subsídio para a asserção do poder político
-- A sociedade civil e as Igrejas na ajuda à paz
- A PAX angolana no contexto externo
Uma parte importante para a segurança de África
Angola na SADC
Angola na África Austral e na Comissão do Golfo
-- Comunidade dos Estados da África Central (CEEAC)
-- O conflito nos Grandes Lagos
-- Como o Congo parece ter aprendido a lição
-- O não à Somália ou evitar conflitos com futuros pares?
-- A Comissão do Golfo da Guiné
Angola e a segurança africana
-- Serviços de Segurança e Inteligência de África (CISSA)
-- Angola e a cooperação de defesa na CPLP
A difícil coexistência de Angola com as ONG

IV. COMPORTARÁ ÁFRICA A EXISTÊNCIA DE POTÊNCIAS ESTADOS-DIRECTORES?
OS ESTADOS-DIRECTORES EM ÁFRICA
- Da Organização de Unidade Aficana à União Africana
A União Africana
- Potências emergentes
As propopotencias
Condicionantes externas
Angola na crise institucional do Zimbábwe
A África no caminho dos Estados Unidos de África?
- Conclusão: Que prospectivismo futuro?


POSFÁCIO


ANEXOS:
Algumas notas biográficas de Angola
Acontecimentos ocorridos em 1991 (Bicesse) e 1997 (GURN)
Acordos assinados com e entre os 3 Movimentos independentistas angolanos
Boletim de voto para as eleições legislativas de 2008 que suscitaram dúvidas quanto à denominação oficial do MPLA (posição 10)
Lei da Revisão Constitucional n. 32/92
Resolução 1295 (sobre a soberania e integridade territorial de Angola)
Protocolo de Lusaka
Declaração do Governo da República de Angola (13 de Março de 2002)
Memorando de Entendimento Complementar ao Protocolo de Lusaka
Para a cessação das hostilidades e resolução das demais questões militares pendentes nos termos do Protocolo de Lusaka
Resolução A/RES/41/11, de 27 de Outubro de 1986

BIBLIOGRAFIA


Preço: 22,50€;

Guerra Colonial & Guiné - 'OS HERÓIS E O MEDO', de Magalhães Pinto - Lisboa 2003 - Raro;



Guerra Colonial & Guiné - O conflito entre a administração colonial portuguesa e os movimentos de libertação, em memórias autobiográficas do autor


'OS HERÓIS E O MEDO'
De Magalhães Pinto
Âncora editora
Lisboa 2003


Livro com 276 páginas e em muito bom estado de conservação. Excelente.
De muito dificil localização.
Raro.


Da badana:
"MAGALHÃES PINTO
Magalhães Pinto nasceu no Porto. Economista por formação académica tem, contudo, na escrita, a sua paixão. Ao longo de mais de quinze anos é presença assídua em jornais e revistas nacionais, escrevendo e comentando acontecimentos sociais, económicos e políticos. Estreou-se na literatura em 1994 com o livro 'A DÚVIDA'. Em 1995 publicou 'A FEIRA DO SUCESSO', uma colectânea de crónicas retratando o apogeu e queda do cavaquismo. Seguiram-se 'A OPA', um notável trabalho de investigação económica e 'O MEU PRIMO CALISTO'. Cronista, romancista, biógrafo.

Magalhães Pinto publicou recentemente 'BELMIRO - HISTÓRIA DE UMA VIDA' que relata com rigor a vida privada e o percurso essencial de um homem na plenitude do seu trabalho - o empresário Belmiro de Azevedo. Em 'OS HERÓIS E O MEDO', o seu segundo romance, revisita a guerra colonial, que o autor viveu em período crítico na Guiné-Bissau."



"Não há heróis sem medo. A heroicidade não se mede pelo número de adversários mortos. Há outra heroicidade na capacidade de guardar, no meio da tragédia que é a guerra, um profundo sentido de humanidade, de solidariedade, de ausência total de racismo. Há uma outra heroicidade na capacidade de não deixar que o medo abafe a noção de que em ambos os lados de uma arma estão seres humanos.

É dessa heroicidade e desse medo que aqui se fala. É, sobretudo, no dizer do autor, uma homenagem a uma geração de portugueses extremamente sacrificada em nome de um conceito de Pátria nela inculcado, que todavia não discutiram. 'OS HERÓIS E O MEDO' é um testemunho vigoroso de um período conturbado da vida portuguesa, vivido e sentido pelo autor."



Preço: 22,50€;

Angola & História - 'LUANDA - INVENÇÃO DE UMA CAPITAL', de Maria João Martins - Lisboa 2014 - RARO;




Angola & História -


'LUANDA - INVENÇÃO DE UMA CAPITAL'
De Maria João Martins
Gato do Bosque - Editores
Lisboa 2014


Livro com 196 páginas e em muito bom estado de conservação. Como novo. Excelente.
De muito difícil localização.
RARO.


Da contracapa:
"
"



Do ÍNDICE:

INTRODUÇÃO

Capitulo 1
LUANDA - DA FUNDAÇÃO À ILEGALIZAÇÃO DO TRÁFICO NEGREIRO
- A fundação de Luanda
- Luanda, grande entreposto negreiro
- Momentos difíceis na História da cidade
- O governo decisivo de Sousa Coutinho (1764-1772)

Capitulo 2
A SOCIEDADE LUANDENSE - O IMPULSO DA MUDANÇA
- Poder económico e poder político da burguesia mercantil
- Formas de vida das elites
- Militares e funcionários públicos
- Trabalhadores negros e brancos pobres

Capítulo 3
EVOLUÇÃO DEMOGRÁFICA
- Povoamento branco: uma lenta evolução
- A escassez de mulheres brancas
- Distribuição por profissões
- Mortalidade precoce e natalidade difícil de controlar
- Imigração branca: insuficiente é mal gerida

Capítulo 4
CARACTERÍSTICAS URBANÍSTICAS
- A Dictomia cidade alta/cidade baixa
- A cidade branca e a cidade negra
- Lugares de concentração populacional
- Uma evolução lenta

Capítulo 5
TRANSPORTES, COMUNICAÇÕES E ABASTECIMENTOS
- No interior da cidade
- Ligações de Luanda ao exterior
Circulação rodovIária
O caminho de ferro
Rede marítima
Correios e telégrafos
- Distribuição de bens essenciais
- Proveniência dos bens essenciais
- A iluminação

Capítulo 6
OBRAS PÚBLICAS
- A ideia de fomento
- Dificuldades de tesouraria
- A mão de obra utilizada
- Uma obra de grande envergadura: o Hospital Maria Pia
- Outras obras

Capítulo 7
A VIDA QUOTIDIANA
- Usos e costumes
- Leituras e oferta cultural
- Jornais publicados em Luanda entre 1855 e 1899
- A casa de uma família europeia
- Brancos e negros - pontos de encontro e separação

CONCLUSÃO

Bibliografia



Preço: 35,00€;

Cuba & Otelo - 'FAZER A REVOLUÇÃO', de Fidel Castro - Amadora 1975 - Muito Raro;



Cuba & Otelo - Intervenções de Fidel Castro nas comemorações do 26 de Julho, no ano de 1975, aquando também da visita de Otelo Saraiva de Carvalho, general graduado e comandante do COPCON


'FAZER A REVOLUÇÃO'
De Fidel Castro
Editorial Fronteira
Amadora 1975


Livro com 112 páginas, ilustrado e em muito bom estado de conservação. Excelente.
Nota para as fotografias de Otelo na companhia de Fidel em Havana.
De muito difícil localização.
Muito Raro.


Da contracapa:
" 'FAZER A REVOLUÇÃO' - Fidel Castro

Com o triunfo da revolução o povo cubano deixou de ser um país de miséria, de corrupção e de exploração, sob o jugo do imperialismo ianque, para se afirmar como uma nação independente e livre, exemplo maior entre os países que avançam na construção e consolidação de um socialismo revolucionário, fazendo desaparecer de Cuba a descarada exploração do homem pelo homem.

A par de textos vários onde Fidel Castro reflecte com lucidez o seu inquebrantável fervor revolucionário, incluem-se neste volume os discursos de Fidel Castro e do General Otelo Saraiva de Carvalho proferidos nas cerimónias do 26 de Julho de 1975."



Do ÍNDICE:

- 'A História me absolverá'
- Ao Povo de Cuba
- O que o Povo quer
- Adeus a Fidel
- Adeus a Che

"É ESTE O MOMENTO DE TODOS OS PAÍSES DO TERCEIRO MUNDO UNIREM AS SUAS FORÇAS E ENFRENTAREM O DESAFIO IMPERIALISTA"

"OS PAÍSES NÃO ALINHADOS SABERÃO CUMPRIR O DEVER QUE DELES EXIGE A HORA ACTUAL"

"A REVOLUÇÃO CAMINHA BEM, A REVOLUÇÃO É MAIS FORTE DO QUE NUNCA, O POVO É MAIS ENTUSIASTA DO QUE NUNCA"

"SOMOS IRMÃOS NO COMBATE E SEREMOS IRMÃOS NA LIBERDADE"
Discurso pronunciado pelo general Otelo Saraiva de Carvalho em Cuba nas cerimónias comemorativas de 26 de Julho de 1975



Preço: 27,50€;

África & Revolução - 'ANGOLA - NATUREZA, POPULAÇÃO E ECONOMIA', de L. L. Fituni - Moscovo 1985 - RARO;





África & Revolução - Uma monografia muito completa de Angola, elaborada por cientistas políticos baseados na extinta URSS


'ANGOLA - NATUREZA, POPULAÇÃO E ECONOMIA'
De L. L. Fituni
Edições Progresso
Moscovo 1985


Livro com 264 páginas, ilustrado com inúmeros mapas e em muito bom estado de conservação. Excelente.
De muito difícil localização.
RARO.



Do ÍNDICE:

PREFÁCIO

Capítulo I
O TERRITÓRIO E AS RIQUEZAS NATURAIS

Capítulo II
A DEMOGRAFIA DE ANGOLA
1. A população e a sua repartição
2. O quadro étnico. A cultura dos povos de Angola

Capítulo III
A GEOGRAFIA POLÍTICA DE ANGOLA
1. A formação dos seu território actual
2. O movimento revolucionário em Angola
3. A evolução de Angola independente
4. O regime político, divisão administrativa e organizações sociais

Capítulo IV
A ECONOMIA EM ANGOLA
1. Generalidades
2. A agricultura e a pesca
3. A indústria
4. A infraestrutura
5. O comércio externo
6. Os desequilíbrios internos e problemas de desenvolvimento regional

Capítulo V
AS RELAÇÕES COM O MUNDO SOCIALISTA
Factor importante para o avanço de Angola pela via do progresso e da independência

Conclusão

ANEXO



Preço: 27,50€;

Tomar - AGROAL - Lotes de 2 Livros - RAROS;




Tomar - Duas obras sobre uma riqueza natural da região e que vem sendo usada ao longo dos séculos, com presença romana e mais longínqua


AGROAL - Lotes de 2 Livros - RAROS;

1. - 'AGROAL - Espaço de Descoberta da Natureza no ALTO NABÃO' - 27,50€;
Texto José M. Alho e Sérgio Lopes
Fotos de José Alho e P. Cortes, ilustraçõe de Sérgio Lopes
Edição de Projecto de Turismo Ambiental do Alto Nabão
Leiria 1997

Livro com 18 páginas, muito ilustrado e em muito bom estado de conservação. Excelente.
De muito, muito difícil localização.
Muito raro.

Da contracapa:
"O Alto Nabão é uma região que corresponde grosso modo à bacia superior do Rio Nabão, tendo no Agroal o centro geográfico e ecológico condicionante dos valores naturais e culturais e das actividades económicas de toda a região envolvente. Destacam-se a exsurgência do Agroal, alimentador permanente do rio Nabão, o canhão flúvio-cársico, a vegetação mediterrânica bem representada em extensão e diversidade, a fauna composta por algumas espécies de estatuto ameaçado, como aves de presa (stigirformes e falconiformes), anfíbios e répteis, quirópteros, a lontra (Lutra lutra) e a lampreia-de-riacho (lampreia planeri), cuja distribuição na Península Ibérica se circunscreve a esta bacia."

Do ÍNDICE:
Localização
Evolução Geomorfológica
Características climáticas e hidrológicas
Diversidade biológica
Flora
Fauna
Ocupação humana
O Projecto de Turismo Ambiental
PROJECT DE TOURISME D'ENVIRONNEMENT
PROJECT OF ENCIRONMENTAL TOURISM


2. - 'GUIA DO AGROAL' - 32,50€;
Textos temáticos, António Flor
Textos dos circuitos, Francisco Barros e Luís A. Ferreira
Fotografias, Domingos Patacho e Luís Ferreira e ilustrações Francisco Barros e Luís A. Ferreira
Edição Projecto de Turismo Ambiental do Alto Nabão
Ourém (?) 1998

Do ÍNDICE
PREFÁCIO - De José António Gaspar
- Localização
- Introdução
- Paisagem
- Ocupação Humana
- Geologia e Geomorfologia
- Flora e vegetação
- Fauna
- Índice de imagens
A Paisagem
A ocupação humana
Geologia e Geomorfologia
As plantas e os animais
Recreio e lazer
Circuitos
- CIRCUITO A (Azul)
- CIRCUITO B (Verde)
- Índice, bibliografia e Ficha técnica



Preço: 55,00€; (Lote completo);
Venda isolada com os valores indicados.

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Angola & Guerra Civil - 'IN SEARCH OF ENEMIES', by John Stockwell - London 1978 - VERY RARE;




Angola & Guerra Civil - O relato da operação secreta da CIA em socorro e apoio dos Movimentos independentistas da FNLA e UNITA contra a organização marxista apoiada pelo bloco de Leste


'IN SEARCH OF ENEMIES'
By John Stockwell
Former Chief CIA Angola Task Force
Futura Publications Limited
London 1978


Book with 304 pages, very ilustred and IN good condition.
Very difficulty localization.
VERY RARE;


"SPRING 1975: AS SAIGON FALLS, THE CIA DESTABILISES ANGOLA IN PREPARATION FOR THE NEXT WAR.

John Stockwell was Chief of the CIA Angola Task Force. This is his inside story of the CIA's secret war in Angola, a war in which the CIA sought to recoup its prestige after the debacle of Vietnam.

With a unique wealth of detail, John Stockwell reveals the secret CIA operations in Angola in which many millions were spent, many thousands died, and many lies were told in waging a war without purpose to American and Western interests and without hope of victory. He provides a terrifying insight into the bureaucratic muddle, the personal jealousies and power struggles and the sheer incompetence of the CIA clandestine services and suggests that they are not only a danger to the values of a free society, but also a liability to the free world."



The author:
"John Stockwell, who lived in Africa for ten of his early years, is a graduate of the University of Texas and an alumnus of the U.S. Marine Corps. He holds a second-degree black belt in judo, enjoys playing tennis and chess, and resides in Austin, Texas. After twelve years as a CIA officer he resigned from the agency on April 1, 1977."


Do ÍNDICE: / CONTENTS:

Author's Note
Acknowledgments
PROLOGUE: The Kissinger Grunt

1. Saigon to Washington
2. The Angola Programme
3. Footsoldiers of foreign policy
4. CIA people policies
5. Our little-known allies
6. Kinshasa
7. Roberto
8. Savimbi
9. The economy-size war
10. Advisors, technicians, and foreign troops
11. Propaganda and politics
12. Business and money
13. Disaster
14. CIA v. Congress
15. Disengagement

Postscript
Appendices
Index



Preço: 47,50€;

Moçambique & Ultramar - 'RECORDANDO O PASSADO - Figuras de Lourenço Marques há 50 anos', de Um Antigo - Lisboa 1967 - MUITO RARO;



Moçambique & Ultramar - Uma obra única no género, com as biografias dos pioneiros que fizeram da cidade de Lourenço Marques a cidade mais fluorescente da África Ocidental é uma das mais importantes do Império Colonial Português


'RECORDANDO O PASSADO - Figuras de Lourenço Marques há 50 anos'
De Um Antigo
Edição do autor
Composto é impresso nas oficinas de Guimarães Editores, Lisboa
Lisboa 1967


Livro com 94 páginas e em muito bom estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO, MUITO RARO.


Da Nota Introdutória:
"É provável que, aqui ou além, se encontre qualquer pequena inexactidão ou falta.
Pede-se benevolência para o autor, que escreveu de memória e só com o intuito de recordar os pioneiros que começaram o Lourenço Marques grandioso de hoje."



Do ÍNDICE:

Nota Introdutória

1 - O João Machado
2 - O General Belegarde
3 - O Cap. Batista Coelho
4 - O Napoleão da Matola
5 - O D. Egas Moniz
6 - O David Carvalho
7 - O Dr. Frias
8 - O D. Rafael
9 - O Ten. Cor. Aguiar
10 - O Eng. Trigo de Morais
11 - O Francisco Menano
12 - O Dr. Jaime Ribeiro
13 - O Rodrigues
14 - O Com. Belo
15 - O Augusto Cabral
16 - O Líbio Martins
17 - O Dr. Saldanha
18 - Os Carvalhos
19 - O Juvenal Elvas
20 - O Maia
21 - O Bulhão Pato
22 - O Cap. Vaz
23 - O Horácio Pires
24 - O Dr. Fonseca
25 - O Cap. Figueiredo
26 - O Cor. Cabral
27 - O Manuel Mendes
28 - O Cap. Jorge
29 - O Mac-Donald
30 - O Santos Gil
31 - O Eng. Sá Carneiro
32 - O Cândido dos Reis
33 - O Góis Pinto
34 - O Costa Lobo
35 - O Dr. Ferreira dos Santos
36 - O Rocha
37 - O Eng. Macedo
38 - O Alfredo Luiz
39 - O Cap. Montanha
40 - O Morais
41 - O Ismael Costa
42 - O Fialho
43 - O Fonsecas
44 - O Veiga
45 - O Cardiga
46 - O Andrade
47 - O Padre Vicente
48 - O Azevedo
49 - O Dr. Grave
50 - O Cap. Mário Costa
51 - O Manuel do Pateque
52 - O Victorino
53 - O José dos Cachimbos
54 - O Solipa Norte
55 - O Tomaz Correia
56 - O Lemos
57 - O Dr. Temudo
58 - O Paulo Ennes
59 - O Dr. Angelo Ferreira
60 - O Vergueiro
61 - Os Silvas
62 - O Tierno
63 - O Zé Pereira
64 - O Nanikran
65 - O Fabião
66 - O Moreira
67 - O Rufino
68 - O Dr. Nobre de Melo
69 - O D. Francisco da Câmara
70 - O Sorgentini
71 - Os Barretos
72 - Os Bucelatos
73 - O Saldanha
74 - O Dr. Bitelho
75 - O Tavares Duarte
76 - O Vidago
77 - O Maj. Marques da Silva
78 - O Dr. Eurico Cabral
79 - O Maurício
80 - O Eng. Ribeiro Artur
81 - O Dr. Polónio
82 - O Eng. Maquinista Veiga
83 - O Abreu
84 - O Cor. Quintão
85 - O Pinto
86 - O Carlos Silva
87 - O Valssassina
88 - O Bazilio
89 - O Eng. ferraz
90 - O Vidal
91 - O Durão
92 - O Mourão
93 - O Pinheiro
94 - O Puga
95 - O Escrivão Pereira
96 - Os Dica é Kriticos
97 - O Sabino
98 - O Dr. Seiça
99 - O Mà Raça
100 - O Genebra



Preço: 0,00€; (Indisponível)

Angola & Ultramar - 'LENDAS DOS LAGOS DO NORDESTE', de José Redinha - Luanda 1964 - MUITO RARO;



Angola & Ultramar - Uma recolha de lendas do Nordeste angolano, efectuada por um dos mais proeminentes antropólogos portugueses


'LENDAS DOS LAGOS DO NORDESTE
(Estruturas e interpretações'

De José Redinha
Edição CITA (Centro de Informação e Turismo de Angola)
Luanda 1964


Livro com 20 páginas, ilustrado e em muito bom estado de conservação. Excelente.
De muito, muito difícil localização.
MUITO RARO.


Do ÍNDICE:

Folclore Angolano
LENDAS DOS LAGOS DO NORDESTE
(Estruturas e interpretações)

ESTRUTURAS

INTERPRETAÇÕES

Notas bibliográficas e outras




Preço: 47,50€;

Colonialismo & Ultramar - 'O COLONATO EUROPEU DA CELA, EM ANGOLA', de A. Martins Afonso - Lisboa 1961 - MUITO RARO;




Colonialismo & Ultramar - Um trabalho de análise do sistema de colonatos, de que o da Cela em Angola foi o mais representativo em parceria com o de Limpopo em Moçambique


'O COLONATO EUROPEU DA CELA, EM ANGOLA'
De A. Martins Afonso
Edição da Agência-Geral do Ultramar
Lisboa 1961


Livro com 32 páginas, muito ilustrado e em muito bom estado de conservação. Excelente.
De muito difícil localização.
MUITO RARO.



Do ÍNDICE:

PREÂMBULO

I
A OBRA Já REALIZADA
- Primeiras impressões - A Vila de Santa Combate
- As aldeias já povoadas
Zona I
Vimeiros; Freixo; Santiago de Adeganha; Pena; Gradil; Monsanto; Santa Isabel;
Zona II
Carrasqueira; Lardosa; Sé Nova; Vila Viçosa; Alqueidão; Macedo de Cavaleiros;
- As principais culturas
- A população do Colonato
- A vida dos colonos

II
PROJECTOS PARA O FUTURO
- Pecuária e lacticínios
- Alargamento da área cultivada
- Fazendas maiores: 50 e 120 hectares
- Os rendimentos previstos

III
AS CRÍTICAS À OBRA DO COLONATO
1. - 'Os produtos estragam-se na Cela por falta de escoamento.'
2. - 'Os colonos nunca poderão progredir além de uma precária mediania.'
3. - 'A obra do colonato é excessivamente dispendiosa.'

IV
O SENTIDO POLÍTICO-SOCIAL DA OBRA EM CURSO

IMPRESSÕES FINAIS

Em conclusão



Preço: 32,50€;

África & Ultramar - 'ANTI-COLONIALISMO, MARXISMO Y PORTUGAL', de Ricardo Pattee - México 1967 - MUITO RARO;



África & Ultramar (Angola, Guiné e Moçambique) - Uma profunda análise dos profundos desafios que os portugueses tiveram de enfrentar contra os movimentos de libertação e a comunidade internacional


'ANTI-COLONIALISMO, MARXISMO Y PORTUGAL'
De Ricardo Pattee
Editorial Jus
México 1967


Livro com 364 páginas, ilustrado com mapas e em muito bom estado de conservação. Excelente.
De muito difícil localização.
MUITO RARO



Do ÍNDICE:

I.
Portugal multi-racial y pluri-continental: Trayectoria ultramarina

II.
El mundo portugués de hoy: Las provincias ultramarinas

III.
El comunismo y el Africa portuguesa

IV.
El pacifismo paradójico: la agresión contra Goa

V.
La agresión en Angola

VI.
La subversión en Mozambique y Guinea

VII.
Portugal y nas Naciones Unidas: diálogo de sordos

VIII.
Portugal en el contexto de Africa Austral: las relaciones con los territorios vecinos

IX.
Las realizaciones concretas: Obra reciente de Portugal en Africa

X.
Bibliografia




Preço: 47,50€;

África & Cultura - 'CABO VERDE - APONTAMENTOS ETNOGRÁFICOS', de João Lopes Filho - Lisboa 1976 - Muito Raro;



África & Cultura - Um interessante e raro estudo na etnografia caboverdeana logo após a independência política alcançada em meados de 1975


'CABO VERDE - APONTAMENTOS ETNOGRÁFICOS'
De João Lopes Filho
Edição do autor (?)
Lisboa 1976


Livro com 60 páginas, ilustrado e em muito bom estado de conservação.
De muito difícil localização.
Muito Raro.


Do ÍNDICE:

APONTAMENTOS ETNOGRÁFICOS DE JOÃO LOPES FILHO
Por Luís Romano (1975)

CONTRIBUIÇÃO PARA O ESTUDO DA HABITAÇÃO RURAL EM SANTIAGO DE CABO VERDE
1. - Generalidades

2. - Tipos de habitação
2.1 Paredes
2.1.1 Materiais utilizados e técnicas de construção
2.1.2 Formato das plantas. Possíveis origens
2.1.2.1 Construções de planta rectangular
2.2 Cobertura
2.2.1 Coberturas de curta duração
2.2.2 Coberturas de longa duração

3. - Evolução das construções
3.1 Tipos com tendência a desaparecer
3.2 Substituição dos materiais de construção

4. - Utilização das casas

5. - Inserção da habitação no meio
5.1 Tipo de exploração das terras
5.2 Ataques da pirataria
5.3 Escravos 'fujões'

BIBLIOGRAFIA

BERIMBAU E CIMBÓ
Dois instrumentos musicais em vias de desaparecimento no arquipélago de Cabo Verde



Preço: 37,50€;