quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Guerra Colonial & Guiné - 'A INSCRIÇÃO DOS DIAS (Cartas para Q.)', de Pedro Martins - Lisboa 2016



Guerra Colonial & Guiné - A censura à correspondência dos militares e a sua saudade de casa, da família e das namoradas


'A INSCRIÇÃO DOS DIAS (Cartas para Q.)'
De Pedro Martins
Edição Parsifal
Lisboa 2016


Livro com 96 páginas, ilustrado e como novo. Em excelente estado de conservação.


Da badana:
"Em 1971, Portugal continuava a travar uma guerra inútil, que durava já uma década.
Na metrópole, a uma economia que acusava o esforço do conflito, juntava-se mais um atentado da Acção Revolucionária Armada, que destruía quase três dezenas de aviões e helicópteros da Força aérea, em Tancos.

Do porto de Lisboa continuam a sair barcos carregados de militares. Num deles, o 'NIASSA', com destino à Guiné, vai o narrador desta obra. E se o coração vai já apertado de saudades de Q., o seu amor, daquele território não chegavam notícias animadoras - o PAIGC estava já equipado com misseis fornecidos pela União Soviética, e a guerra não parecia ter um fim à vista.

Percorrendo os grandes temas de um país perdido na sua história (o salazarismo, a PIDE, o Tarrafal), os sentimentos mais genuínos (o amor, a solidariedade), mas também um quotidiano cruel, os medos e os fantasmas de uma geração. 'A INSCRIÇÃO DOS DIAS (Cartas para Q.)' é uma obra intensa, uma descida aos infernos e, e, simultâneo, um acto de libertação."



Da contra-capa:
"A segunda repartição, a PIDE militar, quis mostrar serviço e violou a correspondência sem brio profissional nem competência.
Podiam ter feito desaparecer a carta, mas preferiram dizer-me que a vigilância continua.
Rasgaram o envelope, leram a carta, analisaram o conteúdo, talvez o tenham considerado inofensivo ou, mesmo, piegas e deixaram as folhas no saco do correio..."



Do ÍNDICE:
- PREFÁCIO - Por Francisco Belard;
- Aviso;
- 'NIASSA', Atlântico, 1 de Abril de 1971;
- Bissau, 6 de Abril de 1971
- Bolama, 12 de Maio de 1971;
- Empada, 28 de Junho de 1971;
- Emapada, 10 de Agosto de 1971;
- Bissau, 27 de Setembro de 1971;
- Empada, 6 de Outubro de 1971;
- Emapda, 15 de Outubro de 1971;
- Empada, 26 de Dezembro de 1971;
- Empada, 5 de Janeiro de 1972;
- Empada, 4 de Fevereiro de 1972;
- Empada, 31 de Março de 1972;
- Empada, 1 de Maio de 1972;
- Bissau, 16 de Junho de 1972;
- Bissau, 21 de Janeiro de 1973;
- Bissau, 15 de Março de 1973;
- 'UÍGE', Rio Tejo, 31 de Março de 1973;
- Agradecimentos;



PEDRO MARTINS:
Nasceu em Beja, em 1949.
Estudou no Liceu da cidade natal e frequentou universidades (Bélgica, Portugal). Trabalhou na banca e no mundo dos livros.

Esteve dois anos (entre 1971 e 1973) na Guerra Colonial, na Guiné. experiência que está na génese deste livro.


Preço: 0,00€; (Indisponível)

Sem comentários:

Enviar um comentário

APÓS A SUA MENSAGEM INDIQUE O SEU E-MAIL E CONTACTO TELEFÓNICO
After your message, please leave your e-mail address or other contact.