sexta-feira, 1 de abril de 2016

Angola & Literatura - 'OS ANÕES E OS MENDIGOS' - Manuel dos Santos Lima - Porto 1984 - RARO




Angola & Literatura - A crítica dura e mordaz de Manuel dos Santos Lima aos seus antigos camaradas, agora governantes.


'OS ANÕES E OS MENDIGOS'
De Manuel dos Santos Lima
Edições Afrontamento
Porto 1984


Livro com 184 páginas e em muito bom estado de conservação.
De muito difícil localização.,
RARO.


Com este livro (grande êxito junto da população angolana), o seu autor, de membro destacado da estrutura militar do MPLA no período da luta de libertação nacional nos anos sessenta, após uma brilhante carreira académica nas universidades francesas e canadianas, passou a crítico demolidor da 'nova classe dirigente' que tomou conta do poder na sequência da trágica descolonização e nas circunstâncias por todos conhecidas. O regime de Luanda e os seus dirigentes são pois retratado de forma nua e crua, e 30 anos depois da sua publicação continua actual !


Dedicatória:
"Para a Ana Maria e o Kalunga; para o Fati, Altino e Filó; Andrée e Fernand Perreten; Ao Mário de Andrade, Joaquim Pinto de Andrade e Gentil Viana; em memória de Américo Boavida e Filipe de Oliveira Melo. E para o Victor Blanc, evocação dos anos e desenganos políticos da geração contundida."


Do ÍNDICE:
PRIMEIRA PARTE

I. - Antes;
II. - O líder;
III. - Os mendigos dos Sapatos de Oiro;

SEGUNDA PARTE

IV. - O Camarada Presidente;
V. - A Máquina e os Camaradas daqui e de acolá;
VI. - A Conjura;
VII. - Os anões e os Mendigos.



MANUEL DOS SANTOS LIMA

Escritor e professor universitário angolano, Manuel Guedes dos Santos Lima, nasceu a 28 de Janeiro de 1935, em Silva Porto (actual Cuíto), na província do Bié, em Angola.

Concluiu os estudos secundários em Angola, em seguida licenciou-se em Direito pela Universidade de Lisboa e, posteriormente, doutorou-se em Letras pela Universidade de Lausanne, na Suíça. Já residiu em Portugal, França, no Canadá e no Brasil. Foi membro activo da Casa dos Estudantes do Império (CEI), desertor do Exército Português, fundador e primeiro Comandante em Chefe do Exército Popular de Libertação de Angola (EPLA, antecessora das FAPLA - Forças Armadas Populares de Libertação de Angola - exército do MPLA). Após a independência de Angola, Manuel dos Santos Lima tornou-se opositor ao regime angolano e crítico em relação ao estado da nação.

Como escritor, foi representante de Angola no 1.º Congresso Internacional dos Escritores e Artistas Negros, em Paris (em 1956), e no Congresso Afro-Asiático de Escritores, no Cairo (1962). Colaborou na Mensagem (CEI) e em vários jornais e revistas estrangeiros. As suas principais obras publicadas são 'Kissange' (1961), 'As Sementes da Liberdade' (1965), 'As Lágrimas ao Vento' (1975), 'Os Anões e os Mendigos' (1984). Os seus primeiros livros retratam o período de guerra colonial, demonstrando a luta pela libertação de Angola.


Preço: 27,50€

Sem comentários:

Enviar um comentário

APÓS A SUA MENSAGEM INDIQUE O SEU E-MAIL E CONTACTO TELEFÓNICO
After your message, please leave your e-mail address or other contact.