terça-feira, 8 de março de 2016

Portugal - 'D. BRANCA - A Banqueira do povo' - Ricardo Silva - Lisboa 1984 - RARO



Portugal - Um caso de paixão e ganho de juros ou um caso de polícia ?


'D. BRANCA - A Banqueira do povo'
De Ricardo Silva
Edição Nova Nórdica
Lisboa 1984


Livro com 112 páginas, ilustrado e em bom estado de conservação.
De muito difícil localização.
RARO.


Da contra-capa:
"Por ser o caso 'D. Branca' um fenómeno nacional, por aglutinar diariamente os noticiários de jornais e revistas de todos os quadrantes da vida política e social deste país; publicamos este livro, onde se podem encontrar explicações para tanta coisa.
Tudo o que foi dito pela imprensa e aquilo que também deveria ser divulgado sem paixões ou interesses de agradar a uns e outros, este livro contém uma verdade muito especial e a confirmação de que D. Branca e a sua obra encerram algo de inegável valor."


Do ÍNDICE:
1.º Capítulo
- A NOTÍCIA É A DONA BRANCA
- Alçada Baptista:
NATURAL O ENTUSIÁTICO ACOLHIMENTO DO PÚBLICO;
- Loureiro Borges:
CENSURA IMPEDIA CONHECIMENTO DESTES CASOS;
- Luís de Pina:
MERECE ESTREIA NA TV COM 50 MINUTOS...
- José Pereira Bastos:
ESTAMOS NUMA TERRA ONDE NÃO HÁ "PAI PRÀ GENTE":
- Raul Solnado:
TALVEZ SEJA MAIS ACERTADO NACIONALIZÁ-LA...
- O ÊXITO DE UMA EDIÇÃO-EXTRA - 'Tal & Qual';
- "FADIGA-FINANÇAS E D. BRANCA MINISTRA" - In 'Correio da Manhã';
- "D. BRANCA PERSEGUIDA PELA PJ" - In semanário 'TEMPO';
- GOVERNO E PJ NADAM EM SECO;
- "Sete guarda-costas no quartel-general de D. Branca";
- "D. BRANCA APARECE MISTURADA EM NOTÍCIAS SOBRE AS F.P.-25";
- "JUDICIÁRIA CONSIDERA INFORMAÇÕES 'INOPORTUNAS' ";

2.º Capítulo
- palavras de ontem

3.º Capítulo
- DONA BRANCA: "CENTENAS DE PESSOAS HUMILDES ESTÃO DEPENDENTES DE MIM"
A primeira entrevista de fundo concedida a 'O JORNAL'

4.º Capítulo
- D. BRANCA: "AVERIGUEM À VONTADE"
Entrevista concedida ao 'SEMANÁRIO'

5.º Capítulo
- DEIXEM-NA EM PAZ
"Não posso perder tanto dinheiro" (Leitor identificado);
Dinheiro escondido - Ana Lopes Vieira - Porto;
Ela que abra em hospital - João M. Silva Marques - Lisboa;

6.º Capítulo

CONCLUSÃO
- Batem-se pelo exclusivo da notícia ('TAL & QUAL' e 'O JORNAL);
- "DONA BRANCA É NOME DE DISCO" -In 'CORREIO DA MANHÃ';
- Agora a 'NEWSWEEK';
- "D. BRANCA CHEGOU E A PICHELEIRA ENCHEU-SE DE VIDA" - In 'CORREIO DA MANHÃ';
- S. Branca a 'O JORNAL':
"SÓ FALTA DIZEREM QUE ME PORTO MAL...";



MARIA BRANCA DOS SANTOS
74 anos de idade, nascida em Lisboa da Rua do Benformoso em 20 de Junho de 1910 e a residir na Rua da Alameda. Solteira, um filho adoptivo, um neto ainda sem idade de ir à escola.
Trabalha das 7 horas da manhã até à 1 ou 2 horas da madrugada.


Preço: 17,50€

Sem comentários:

Enviar um comentário

APÓS A SUA MENSAGEM INDIQUE O SEU E-MAIL E CONTACTO TELEFÓNICO
After your message, please leave your e-mail address or other contact.