sábado, 27 de dezembro de 2014

Angola & Igreja - 'MEMÓRIAS', de Moysés Alves de Pinho - Lisboa 1979 - Raro



Angola - A Igreja angolana liderada pelo Arcebispo de Luanda


'MEMÓRIAS'
De Moysés Alves de Pinho
Edição de autor
Lisboa 1979


Livro com 358 páginas, muito ilustrado e em muito bom estado de conservação.
De muito diícil localização.
Raro.


Do ÍNDICE:
- Prefácio:
- Introdução;
- Primeira Parte
DA INFÂNCIA AO SACERDÓCIO

1. - A minha terra natal; 2. - Na minha infância; 3. - No Seminário da Formiga; 4. - Em França e em Roma; 5. - A revolução de 1910; 6. - Professor em França;
- Segunda Parte
PROVINCIAL DA CONGREGAÇÃO DO ESPÍRITO SANTOS EM PORTUGAL

1. - Primeiros contactos; 2. - Em nossas casas; 3. - Na fundação de um Instituto de religiosas; 4. - Visita às Missões de Angola; 5. - Bispo de Angola e Congo;
- Terceira Parte
BISPO DE ANGOLA E CONGO

1. - Para Luanda; 2. - A vida religiosa em Angola; 3. - Primeira visita Pastoral; 4. - Na ânsia de colaboração; 5. - A Concordate e o Acordo Missionário; 6. - Actos importantes na Igreja de Luanda; 7. - A Igreja e o Estado; 8. - Monsenhor Manuel Alves da Cunha; 8. - A minha resignação de Arcebispo de Luanda;


Da contra-capa:
"D. MOYSÉS ALVES DE PINHO presidiu durante 34 anos à marcha da civilização cristã de Angola, primeiro como bispo de todo aquele vasto território, depois como Arcebispo de Luanda e Bispo de S. Tomé e Príncipe.
Durante 44 anos de permanência naquela antiga parcela de Portugal, sentiu e viveu as angústias e os anseios, as alegrias e as tristezas de um povo qie assimilou e por quem foi assimilado.
Quantos o conheceram de perto, e foram muitos, crentes e não-crentes, políticos e homens do povo, dão unânime testemunho do alto valor da sua personalidade, tão patente na grandeza da obra realizada.
Publicando as suas MEMÓRIAS aos 96 anos de idade, deixa-nos um valioso documento para a História deste último século."


Preço: 60,00€;

Sem comentários:

Enviar um comentário

APÓS A SUA MENSAGEM INDIQUE O SEU E-MAIL E CONTACTO TELEFÓNICO
After your message, please leave your e-mail address or other contact.